Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

segunda-feira, 15 de maio de 2017

A Crise existe sim, só você que quer se enganar.


Olá Galera, como vão?
O Brasil vivi um momento crítico em sua economia e na política, nunca estivemos tão assustados como agora, em ver o quanto temos perdido com a corrupção instalada, (ou descoberta)porque tenho certeza que isso não é de agora. Mas foi agora que estamos vendo tudo debaixo dos nossos olhos.
Crise...as pessoas não querem falar de crise, inventam frases toscas o tempo todo pra criar uma ilusão de que tudo está bem. De que nada acontecerá...Aí ficam falando bobagens sobre futebol ( a máfia que alimenta muitos bolsos), falam e se importam com as novelas, ( eu prefiro não assistir) perdem tempo cuidando da vida privada dos famosos...isso tudo pra tirar o foco da crise.
Mais terrível que isso, e ver que clichês são impostos para que você continue navegando na onda de que não há crise, se você não parar de se mover...incutindo na ideia de que é seu esforço que fará com que não afunda na crise,como milhões já estão afundados...
Estatística de hoje de desempregados no Brasil = 14 milhões.
Isso mesmo, 14 milhões de desempregados, pessoas que não sabem o que fazer nesse momento; comércios fechando, a cada dia é mais loja, mais uma fábrica que se fecha...O que isso representa na nossa economia? Representa consideravelmente um aperto financeiro, uma aflição a espera de dias melhores...
Isso gera mais crises, e que tipo de crises que se gera mais?
Crises de depressão, crises de síndrome do pânico, crises de estresse generalizado, suicídios em massa...e sim...mais e mais crises.
Mas a hipocrisia de muitos diante desse quadro estarrecedor irá a de não aceitar o que vemos, e impor a ideia de que você é responsável por essa crise. Complicado...
Eu vivo em uma cidade do interior de Rondônia - Ji-Paraná, aqui as pessoas não tinham o hábito de serem empreendedores informais, ou seja, era muito difícil você ver algum vendendo alguma coisa na rua, como nas cidades grande, ex: São Paulo, Rio Janeiro, onde as pessoas já crescem com a cultura de ser *virador*, ou seja, uma pessoa que dá seus pulos pra sobreviver, mas desde o ano passado, minha cidade foi obrigada a mudar seu estilo, e hoje já na metade do ano de 2017, vemos mais e mais pessoas nas ruas defendendo o pão de cada dia. Por um lado, isso é louvável, por outro lado podemos ver claramente o quanto nossa economia no Município foi afetada. Aqui não está sendo diferente de outros lugares, a cada dia uma loja se fecha e um comércio encerra suas atividades. Pode-se dizer que a única coisa ainda que não é tão afetada pela crise são os supermercados da cidade, pois ainda precisamos comer...
Diante dessa realidade cada um precisa ser muito criativo e dinâmico pra não afundar mais e mais na pobreza.
Eu gostaria de dizer a esses novos empreendedores, que se sintam orgulhosos de estarem tentando driblar essa crise, e força...muita força...pois aguentar o sol escaldante de Rondônia não é pra qualquer um. 
E quero dizer que apesar da crise, eu também estou me tornando uma nova empreendedora, por necessidade de sobreviver. E espero que meus produtos sejam aceitos pela cidade de Ji-Paraná. 
Que Deus esteja direcionando nossos caminhos...e nos dê a cada dia esperanças de renovação e acréscimo na fé.
Quanto a nós diante da política, só temos que ter um pensamento firme: Não ser manipulado por promessas, não ser coniventes com os roubos...Fazer nossa parte que é denunciar todo e qualquer representante político que esteja roubando o que é nosso...Nós somos os únicos que podem mudar essa situação...esqueça o futebol por enquanto, esqueça as novelas, se foque no atual que é de importância da sua existência...Se liga na realidade...pois é você que vivi nela.
Boa sorte.
By: Rô.      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares