Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Estudo demonstra que os cães têm sentimentos parecidos com os das crianças

Estudo demonstra que os cães têm sentimentos parecidos com os das crianças

(Imagem: Shutterstock)
Em pesquisa inédita sobre a relação entre humanos e cães, o cientista Gregory Berns descobriu um padrão similar de atividade cerebral nos cães quando perto de alguém de quem gostavam. 
O objetivo da pesquisa era tentar descobrir como o cérebro dos cães funciona e, o mais importante, o que eles acham dos humanos. O pesquisador concluiu que os “cães pensam como gente!". 
 
As pesquisas em relação ao comportamento dos cães são normalmente baseadas na observação das atitudes caninas. É muito difícil entender realmente o que os cães pensam e o como é a sua senciência, a forma animal da nossa consciência humana. Porém, através da ressonância magnética, foi possível  mapear a atividade cerebral de vários cães.
Convencer os cães a entrarem no aparelho monstruoso de ressonância magnética não foi tarefa fácil. Eles foram treinados para entrar no aparelho para que sua atividade cerebral fosse mapeada. Seria impossível estudar o cérebro e sua atividade em animais anestesiados.
(Imagem: Shutterstock)
Foram gastos dois anos de treinamento para que os cães entrassem sozinhos na máquina. Os exames foram feitos com os cães totalmente despertos e acompanhados por seus tutores, e não amarrados. Uma área especial do cérebro, o núcleo caudado, mereceu atenção: essa parte sempre estava em atividade em todos os cães que estavam perto de seres humanos familiares.
Essa mesma parte do cérebro em humanos demonstra atividade quando estamos perto de algo de que gostamos muito. Por comparação, o cientista diz que existem fortes indícios de que essa área no cérebro tem funções parecidas entre cães e humanos. Essa capacidade de ter sentir-se vinculado a algo e sentir amor nos cães é bem parecida com de crianças pequenas nos primeiros estágios de desenvolvimento cognitivo.
O pesquisador concluiu que existe realmente algo como amor e carinho por parte dos cães em relação aos seus tutores.
O neurocientista teve a ideia da pesquisa ao observar sua própria cadela, a Callie, que foi adotada de um abrigo. Ela foi uma das primeiras a participar do experimento. A pesquisa e os resultados foram relatos no seu livro How Dogs Love Us: A Neuroscientist and His Adopted Dog Decode the Canine Brain, publicado em setembro de 2013 nos EUA (não publicado no Brasil).
Não é somente a somente a comida que vincula os cães aos seres humanos. Essa capacidade de ter sentimentos deve nos fazer repensar. Afinal, os animais não são "coisas", e sim seres vivos completos e não são necessariamente propriedade ou um mero objeto.
Vídeo emocionante que escolhi:
 


Os bichos de estimação são parte da família e merecem ser bem tratados! Se você está procurando por ajuda profissional para o seu pet, no AgendaPet você encontra e agenda horários com os melhores profissionais  pet  da cidade, preparados para atender o seu bichinho com todo o carinho que ele precisa!
Fonte: Siga o perfil do AgendaPet no Twitter, curta a página do AgendaPet no Facebook e veja mais sobre cuidados, dicas de saúde, curiosidades e novidades para você e seu pet!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares