Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Entrevista Com Nessa Comunidade MADA

♡ Giovanna
Entrevista Nessa - 03/10/11 à 10/10/11


A entrevista terá somente uma semana de duração, não podendo ser estendida.

E próxima entrevista poderá ser iniciada;

A entrevistada poderá se recusar em responder as perguntas que achar inconveniente;

Os entrevistadores (todos os membros da comunidade) podem perguntar sobre assuntos diversos;

Perguntas e respostas ofensivas serão deletadas pelos moderadores;

Obrigada! 3 out excluir
* Deise *
Nessa bom dia

pelo pouco que conheço..acho k sua historia é bem parecida com a minha...

qdo vc reconheceu que era uma MADA.... 3 out excluir
Luana
Nessa como foi o fim do seu relacionamento?

como vc ficou depois?

qual dica para quem n é feliz no relacionamento? 3 out (7 dias atrás) excluir
Nessa
Oi
Olá Deise!

Reconheci que era MADA depois que meu ex pediu pra ficar com a minha melhor amiga e eu ao invés de não querer mais saber dele, não só o perdoei, como me tornei mais apaixonada por ele, a partir dali percebi que alguma coisa estava fora do comum. 3 out (7 dias atrás) excluir
Nessa
Luana
Nessa como foi o fim do seu relacionamento?

como vc ficou depois?

qual dica para quem n é feliz no relacionamento?

Meu relacionamento acabou qnd eu já estava aqui com vcs e já estava tentando sair desse relacionamento, o estopim foi quando eu o flagrei em uma situação que nem gosto de comentar, e ainda pra piorar no dia seguinte ele me mandou mensagens debochadas, me ligou dizendo que não se arrependia de nada que tinha feito, foi assim que acabou.
Ainda é recente, faz pouco mais de 3 meses, mas a semana do término realmente foi arrasadora, eu chorava muito, inclusive minha avó, que nem sabia do meu relacionamento, me apoiou, estava sempre muito triste, não rendia nada no trabalho e fui mto pouco à faculdade, mas não o procurei pq tudo que ouvi até hj de vez em qnd me ronda.
A dica que eu dou é fazer um balanço de como é seu relacionamento, se vcs tem um bom nível de conversa e respeito, etc.Se perceber que não tem amor e vontade das duas partes, o melhor é sair antes que deixe traumas mto maiores e difíceis de serem resolvidos. 3 out (7 dias atrás) excluir
Bel
Nessa
O que foi decisivo para o começo de seu processo de recuperação?


De que forma você lida com a saudade que sente dele? 3 out (7 dias atrás) excluir
Nessa
Bel
O que foi decisivo para o começo de seu processo de recuperação?


De que forma você lida com a saudade que sente dele?

Sem hipocrisia, eu comecei a mudar quando entrei aqui, cheguei e vi histórias tão tristes quanto a minha e não podia ficar da mesma forma que muitas mulheres daqui. Se eu não tivesse forças, a tendência era ficar na pior, e na minha cabeça passava mtas coisas, até liguei pro centro de valorização da vida, me sentia só, meus amigos me ouviam, mas me davam os mesmos conselhos, não queria mais continuar com as mesmas histórias, eu percebi que só eu que ficava mal e que era sempre aquele circulo vicioso de ligações, encontros, brigas...Quando entrei aqui resolvi investir no bem mais precioso que tenho, que é a minha saúde física e mental.

Eu procuro não pensar nele, qnd isso é inevitável começo a procurar pensar em todos os erros da relação, tudo que ouvi e que disse também, afinal chegou ao ponto que chegou por culpa minha também.Então eu saio, estudo, tento manter a minha mente ocupada até a saudade passar.Se nada disso dá certo eu vou pra casa, choro tudo que tenho pra chorar e vou dormir, que o melhor dia é sempre o próximo rs. 4 out (6 dias atrás) excluir
Amannda

- Nessa é o seu 1º relacionamento 'destrutivo?

- Como sua família e amigos intimos lídam com a sua intensidade de amor?

- O que você decidiu fazer pra mudar esta situação? 5 out (5 dias atrás) excluir
Nessa
Amannda
Nessa é o seu 1º relacionamento 'destrutivo?

- Como sua família e amigos intimos lídam com a sua intensidade de amor?

- O que você decidiu fazer pra mudar esta situação?

Sim, os demais relacionamentos que tive foram saudáveis, inclusive um é grande amigo meu, já é casado e sou amiga dele e conhecida da esposa.
Minha família não sabem muito sobre meu relacionamento, quem sabe mais é a minha mãe e meus amigos, que sempre me dão conselhos pra me manter afastada dele e não gostam dele, sempre tentam me proteger dele.
Quando terminei pela primeira vez eu me afastei, arranjei um ficante, mas ele não sossegou enquanto não terminei com o ficante e voltei com ele, mas dessa vez eu quando não o ignoro deixo bem claro que eu não quero mais nada com ele, ele tb não quer, mas ainda perturba, falo o que a minha cabeça realmente pensa, não posso deixar meu coração falar, não quero dar essa chance dele me humilhar de novo. 5 out (5 dias atrás) excluir
♥...Rô...♥
Nessa
Vc acha q o fato de ser MADA tem haver com sua infancia, seu convivio familiar?

Acredita q existe um fator prenominante em vc ter essa fixação no seu namorado?

Como encara, um novo recomeço já que está decidida a não voltar pra ele?

5 out (5 dias atrás) excluir
Nessa

Vc acha q o fato de ser MADA tem haver com sua infancia, seu convivio familiar?

Acredita q existe um fator prenominante em vc ter essa fixação no seu namorado?

Como encara, um novo recomeço já que está decidida a não voltar pra ele?

Não sei se tem alguma relação com a minha infância, mas acho que não, apesar de ter pais separados eles sempre foram presentes na minha vida.
Acredito sim. Acho que o que me fez gostar tanto dele foi a atenção exagerada que recebia, ele sempre me procurava, me ligava, queria saber da minha vida, tinhamos bastante contato até a metade do relacionamento, até quando ele viajou para o exterior mantinhamos contato e isso era muito novo pra mim, não tive outros relacionamentos com essa intensidade, fora que existiu um fato curioso, no dia que o conheci falei para uma amiga que ia conhecer alguém que ia mudar a minha vida antes de o encontrar. Acho que fiquei encantada pela coincidencia (ou não, não sei).O fato é que ele realmente mudou a minha vida, mas não foi pra melhor no final...
A luta é diária.Recomeçar é essencial e eu encaro como uma mudança de endereço, mas o ponto alto é o foco.Assim como quem se muda, eu quero saber o que tem de novo, o antigo tem que ficar no passado.Pq se não for assim eu não viverei nunca, não não temos mais chances alguma de voltar. 7 out (3 dias atrás) excluir
Meire
Meire
Nessa ,você consegue enxergar o momento exato em que
esse relacionamento se tornou uma furada,ou agora você acredita que nem devia ter começado? 9 out (19 horas atrás) excluir
Nessa
Meire
Nessa ,você consegue enxergar o momento exato em que
esse relacionamento se tornou uma furada,ou agora você acredita que nem devia ter começado?

Acho que de certa forma foi bom ter existido esse relacionamento pq serviu de experiencia para os próximos, acho que se tornou furada pela forma que encaravamos o relacionamento, nós não tinhamos o mesmo objetivo e cada um levava o relacionamento de uma forma, de repente ele não acreditava tanto quanto eu, acredito que não tem como dizer exatamente quando se tornou furada pq até hoje não sei qual era o pensamento dele quando me conheceu, de repente também tinha planos tb, apesar que demonstrou o oposto, mas nunca se sabe né rs.
♥...Rô...♥
Nessa
Peço permissão pra postar na comunidade/blog sua entrevista,vc deixa?
Bjo boa sorte na recuperação... 9 out (15 horas atrás) excluir
Nessa
Claro, fique à vontade!
Obrigada e desejo o mesmo para vc e todas que estão na mesma situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares