Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

domingo, 22 de março de 2015

Refletindo sobre a vida...By Rô Carvalho.


E aí galerinha leitora do Blog beleza? 
Hoje quebrando minha Campanha do Silêncio, vou falar um pouco de algumas reflexões que ando fazendo, expondo no dia a dia, através de atitudes e também refletindo sobre alguns pontos que ando mudando em meu ser e pensamentos que mudam, porque como sabem eu sou uma Metamorfose Ambulante...rsrsrs Não tenho vergonha de mudar pensamentos e atitudes, acho que estamos aqui para isso, mudar para melhor sempre que acharmos correto.
Ontem estive conversando um bom tempo com minha irmã por telefone, geralmente é o único meio de conversa que temos, não moramos perto uma da outra e sentimos a necessidade de nos falar...Foi um papo bom demais, sobre várias coisas, mas a principal foi observarmos que apesar de sermos de religiões diferentes, pensamos da mesma forma, (ela é evangélica, e eu sou espírita) nessa conversa falamos do ponto crucial das desigualdades de hoje em dia, quando muitos ainda não entenderam a mensagem de Jesus para nós, em meio a um mundo cheio de preconceitos em que vivemos, a mensagem de Jesus se difundi nos achômetros que cada um traz para si; a bíblia se formos observar fala sobre tudo, todos os aspectos que vivemos, isso gera várias interpretações da mesma, pois o que muitos não entendem ainda é que a mensagem bíblica é individual, cada texto falará diferente ao coração de quem lê de uma forma, ou seja cai como uma luva na passagem que Jesus deixou afirmando que a salvação é individual, e Deus sabendo que cada um de nós seriamos diferentes entre si, dando-nos o livre arbítrio deu-nos o direito de escolher cada coisa em nossas vidas, como escolha de credo religioso, escolha de opção sexual, escolha de gostos, etc... Assim sendo, observo que os preconceitos são gerados através de nós mesmos, do que achamos que gostamos ou não, e se não gostamos gera-se um preconceito, uma discriminação...Graças a Deus moramos em um País Laico, onde cada um pode optar por acreditar naquilo que quer e deseja pra si...
Mas mesmo assim, ainda existe uma grande população que enraizou preconceitos em sua vida, fazendo com que exista essas grandes confusões na humanidade...eu resumo como falta de amor, sim, sim...preste atenção no detalhe que é mais fácil amar aquele *irmão* que é parecido com você, mas você encontra resistência em amar quem age e pensa diferente de você...Cometemos aí uma falha, pois Deus disse: Amai teu próximo como a Ti Mesmo...Pergunto-lhe: Você se ama? Muitos vão responder: Claro, me amo! Mas, então, se você se ama, você ama seus defeitos também não é verdade?Se você se ama, você vê em si algumas coisas até fisicas que lhe desagrada, correto? E mesmo assim, você se ama ou acha que se ama...rsrsrs...Quero dizer com isso, que estamos perdendo tempo em deixar de amar nosso irmão que é diferente, que acredita em outra religião, que é negro, que é gordo, que é doente patológico, que não é rico, ou pobre, que não é culto, e por aí vai, entendeu? 
Certa vez comentei em um post que eu seria hipócrita em afirmar que não tenho nenhum preconceito, nesse post eu me referi a certas mulheres que são digamos assim...liberais em sexualidade...Passou-se um tempo, e eu fui observar que: Cada uma dessas mulheres me traziam uma dor oculta, a dor de ver que a culpa não é delas, por acha-las mundanas, e mudei meu pensamento a respeito delas, de verdade, porque elas não tem nada a ver com a minha dor de ser traída (e fui diversas vezes) e sempre a escolha era para esse tipo de mulher liberal...Elas não tem culpa, desse fato, apenas vivem como acham que devem viver, sem medo de se relacionar com quem quer que seja, mesmo sendo um homem casado, comprometido, etc...então porque eu estava generalizando elas e trazendo esse preconceito para minha vida? Por causa das minhas demandas emocionais, e assim se gera os demais preconceitos que você traz pra sua vida...
Você pode não gostar de uma pessoa porque ela lhe traz certo desconforto íntimo, algo que está na sua mente enraizado, então você fala: Não gosto de Gordos, não gosto de pobre, não gosto de doentes, não gosto de espíritas, não gosto de evangélicos...Gostar meu amigo(a) é um direito íntimo seu, o que você jamais poderá fazer é *discriminar*, é excluir essa pessoa do convívio, porque ela não é como você...Você já parou pra pensar como os animais agem? Adotam seres diferentes entre si, de espécie...exemplo pra você entender melhor: Um cachorro, ama um porquinho como amigo, eles convivem bem entre si, e ambos tem tudo de diferentes, tudo...um cachorro se alimenta diferente de um porco, dormi diferente, se comunica diferente, e mesmo assim se *respeitam* e se aceitam em suas desigualdades...Sempre afirmo: Os animais são seres evoluídos em tudo e vieram para nos ensinar a amar como eles.
Esse não é um post religioso como alguns podem pensar, não...não mesmo...é um post para refletir como eu fiz e procuro fazer diariamente, por esse motivo que quebrei minha campanha do Silêncio hoje...Para refletir se ainda tenho em mim enraizado algum tipo de preconceito com alguém, ou com alguma coisa...Quando não sei sobre algo, eu pesquiso, me informo a respeito, antes de ir com o Bonde Maria Vai com as Outras que existe no mundo...srrs Não tenho o direito de apontar o dedo para o outro, pois lembro que outros 4 apontam para minha direção...Não tenho o direito de jogar pedras em telhado alheio, porque o meu também é de vidro, e pode se quebrar a qualquer momento...Não tenho o direito de julgar, nem sou Juiz pra fazer isso, e nem recebo o salário que um Juiz ganha pra julgar...rsrsrs Só Deus pode nos julgar, as nossas dores, nossa caminhada, nossos erros e nossas escolhas...
Não sou perfeita, estou longe de ser...mas estou aprendendo a cada dia a amar meu semelhante como ele é...Estou aprendendo a perdoar, e esquecer as mágoas que já me fizeram, não no tempo que eu desejo, mas no devido tempo de aprendizagem...
Essa semana chorei litros, lágrimas copiosas de dor...dor na alma...dor no coração...É muito ruim sermos julgados e feridos principalmente por aqueles que a gente gosta, a pior punhalada é a que vem de um amigo(a) ou parentes ou companheiro...Tive que me calar...e nesse exercício do silenciar, aprendi sobre amar...Chorei porque era dor de alma, me expus ridiculamente, pois meu silêncio dizia: Nunca esperava isso de você *fulano*...Mas em meu silêncio aprendi mais sobre o amor do que em anos de estudos sobre o mesmo...Consegui então, liberar o perdão dentro de mim, pois minha alma necessitava de paz...
Meu grande defeito ou qualidade, ainda não sei...é que ainda acredito no amor humano, e vira e mexe ainda me choco com a inescrupulosidade humana...
Tenho muitas demandas ainda a rever em minha vida, por hora basta essa...
Desejo a todos uma excelente reflexão também, e que analisem que a maldade não está nos olhos, ela vive no pensamento...Boa semana, cheia de luz e paz, serenidade...Namastê! 
        

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares