Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

domingo, 10 de agosto de 2014

20 conselhos essenciais para fortalecer a comunicação em casal


Muitas vezes queremos resolver um problema de comunicação mas não sabemos como. Pensamos que, se pelos menos alguém indicasse como corrigi-lo, faríamos um esforço para fazer as coisas direito.
O amor pode tudo? Sim e não. Não basta haver amor para que as coisas andem sempre bem, inclusive quando o amor é tão grande a ponto de expressar-se em ações. Há coisas que devemos saber para que nosso relacionamento funcione melhor. Coisas como comunicar-se de maneira eficaz, por exemplo.
A seguir, apresento algumas dicas para ajudar-lhe a comunicar-se melhor com seu cônjuge. Antes, um esclarecimento: os quatro primeiros são princípios básicos, fundamentais. Os outros são técnicas que complementam os primeiros.

1. Discutir não é debater

O ato de discutir envolve tentar chegar a um acordo ou a um meio termo, enquanto o debater é a tentativa de ganhar, de impor seu ponto de vista. Debater pode inclusive resultar em brigas. A comunicação em casal pode ser muitas coisas, menos um debate. Por isso é tão importante uma boa comunicação.

2. Não tente falar, ouça

Tente entender o que seu cônjuge está sentindo e pensando. Tente entender e encontrar uma razão, e não ganhar a discussão.

3. Seja o mais claro e direto possível ao falar

Enquanto a comunicação for mais aberta e clara, haverá menos desentendimento. Por isso, antes de entender seu cônjuge, você deve entender a si mesmo.

4. Sejam sinceros

Nunca minta para seu cônjuge. A mentira só leva à falta de confiança, dúvidas e ressentimentos. É o principal veneno da comunicação.
Agora, os conselhos práticos. Talvez você não precise de todos ou apenas não coloque todos em prática ao mesmo tempo, mas pegue os que você mais precisa e pouco a pouco trabalhe neles:

5. Aborde as situações de conflito quando tiverem tempo e as condições forem adequadas

Não ignorem os problemas, mas procurem o momento certo para discuti-los.

6. Certifique-se de entender

Ou seja, escute seu cônjuge e em seguida, repita o que ele disse com suas próprias palavras, para ter certeza de que você entendeu. Frases como: "Se eu entendi direito, o que você está querendo dizer é que...?" ajudam a ter uma comunicação clara e evitar possíveis mal entendidos.

7. Conversem sobre uma questão de cada vez

E quando esta for resolvida então podem passar para a próxima mas não antes disso.

8. Cuidado com as distorções cognitivas

Ao invés de imediatamente reagir ao que seu cônjuge diz ou faz, detenha-se e veja se foi algo que ele fez ou se foi uma distorção cognitiva.

9. Dediquem-se um tempo diário

Parte de fortalecer o casamento (alimentar essa delicada planta que é o casamento) passa por deixar de atender por um momento os filhos, os problemas, a televisão e o celular, e escutar seu cônjuge e assim fortalecer seu casamento.

10. Estabeleçam regras nas discussões

Por exemplo, se estiverem falando sobre um tema delicado ou difícil, é aconselhável que ambos entrem em um acordo de que se alguém estiver exagerando que façam uma pausa e em seguida, com a mente mais fria, retomem a discussão.

11. Fale na primeira pessoa, não na segunda

Por exemplo, ao invés de dizer "Você sempre deixa suas coisas jogadas por todo lado" diga "Me sinto irritada quando você deixa suas coisas jogadas por todo lado, porque sinto que não adiantou nada eu as recolher". Frases como: "Eu preciso...", "Eu gostaria...","Eu me sinto...", ajudam em situações de desacordo como um apoio para expressar seus sentimentos e para ajudar os dois a evitarem ficar na defensiva, porque, ao invés de acusar, você expressa uma necessidade.

12. Não interrompa quando seu cônjuge falar

É melhor fazer perguntas e encontrar formas de resolver o conflito.

13. Acima de tudo, não machuque

Quando surgir uma discussão, evite comentários que vão machucar seu cônjuge ou trazer de volta coisas que aconteceram anos atrás. Lembre-se que comentários sarcásticos ou irônicos interrompem completamente a comunicação. Pense com cuidado antes de responder. E não se esqueça de que a meta da discussão é resolver o problema e não desabafar frustrações, nem castigar seu cônjuge.

14. Pense que seu cônjuge não é culpado por tudo

A culpa dos problemas dificilmente é 100% responsabilidade de uma pessoa só. Comece compartilhando isso e aceitando que você também faz parte da solução do problema. Nunca suponha que a responsabilidade é toda de seu cônjuge.

15. Preste atenção na comunicação não verbal

Os gestos, a postura, o tato, o contato visual e o tom de voz constituem 93% da comunicação, as palavras apenas 7%. Preste atenção em seus próprios gestos e o que podem transmitir a seu cônjuge. O tato é uma forma eficaz de comunicação não verbal, portanto, ao falar façam um esforço para se tocarem com carinho.

16. Sejam cuidadosos sobre como pedir as coisas

A educação e os tons amorosos funcionam melhor do que os gritos e reclamações.

17. Tenha as suas expectativas com relação ao seu cônjuge claras, e expresse-as claramente

Ele(a) jamais poderá ler sua mente ou adivinhar o que você não falar.

18. Seja uma pessoa assertiva

Tanto um extremo (impor o ponto de vista) como o outro (ser completamente submisso) impedem a comunicação verdadeira.

19. Expresse seus sentimentos, ideias e convicções com clareza

Sempre tente descobrir o que está por trás de cada discussão. A experiência tem me ensinado que quase toda discussão é um iceberg, onde só se vê a discussão, mas por baixo dela há uma grande necessidade implícita.

20. Não deixe as coisas pequenas destruir seu casamento

Encerro com ideias intimamente relacionadas:
  1. Mais uma vez, o amor não resolve tudo, mas porque amamos estamos dispostos a deixar de lado o orgulho e cuidar melhor de nossa comunicação.
  2. Os desentendimentos podem ser como a erva daninha que impede que o amor se desenvolva e que pode inclusive sufocá-lo.
Espero que estes conselhos possam lhe ajudar a melhorar a qualidade da comunicação em seu relacionamento. E se você achar que pode ser útil para alguém que você conhece, por favor, não hesite em compartilha-lo.
 Fonte: Família.Com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares