Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Ai, ai...é cada coisa! (desabafando)

By Rô Carvalho.

Essa semana pensei diversas vezes em postar...
Existem coisas que realmente nos deixam pensativos; meu pensamento dessa semana foi sobre valorização, não pelo fato de eu ter estudado a respeito sobre o valor das coisas e das pessoas, mas porque de certa forma vejo que muitas das minhas atitudes hoje, são desvalorizadas.
E isso num contexto em geral, todos nós humanos temos nossas limitações e pequenos desvios de caráter, já me conformei com esse fato, não sou perfeita, e até que eu evolua, nunca serei, também sei que meu semelhante não é...Apesar de saber que isso é uma verdade irrefutável, ainda fico meditando sobre a bendita valorização...
E o que é ter valor mesmo?
Valores são o conjunto de características de uma determinada pessoa ou organização, que determinam a forma como a pessoa ou organização se comportam e interagem com outros indivíduos e com o meio ambiente.
A palavra valor pode significar merecimento, talento, reputação, coragem e valentia. Assim, podemos afirmar que os valores humanos são valores morais que afetam a conduta das pessoas. Esses valores morais podem também ser considerados valores sociais e éticos, e constituem um conjunto de regras estabelecidas para uma convivência saudável dentro de uma sociedade.
Alguns autores afirmam que nos dias de hoje a maior crise que o ser humano pode enfrentar (e que estamos enfrentando) é uma crise de valores, pois essa crise vai afetar a humanidade, que passa a viver de forma mais egoísta, cruel e violenta. Assim, é necessário enfatizar a importância de bons exemplos na sociedade, pois a transmissão de importantes valores humanos consiste na base de um futuro mais pacífico e sustentável.
Então, após essa resumida explicação sobre valores, me ponho a pensar: Ou nasci em época diferente aos meus valores, ou o conceito de valores mudou.
Trabalho, estudo, sou uma ótima dona de casa, tento ser uma esposa parceira, responsável, uma mãe que ama e tenta fazer o melhor por suas filhas. mesmo assim, algo está fora do eixo...Porque não me vejo valorizada por outros, ahhhhh eu? Me valorizo sim, sei o que sou e o que quero, como também sei o que é melhor pra mim...
Foi refletindo quanto a esse valor de minha *pessoa* que cheguei a seguinte conclusão...Estou exigindo demais de mim mesma e de dos outros...Talvez essa terrível mania de querer fazer o certo, esteja me exigindo demais, e aos outros também...complexo não é? Nem tanto se formos analisar, queremos alcançar um grau de perfeição que está longe de nós, querendo que os outros sejam como nós...nunca serão, porque cada indivíduo é único...como os dedos de nossas mãos não iguais, e as nossas digitais são todas diferentes, como também o nosso DNA....kkkkkkkkkkkk Eu ri de mim mesma, por ter demorado tanto pra chegar nessa conclusão, e estou tentando me perdoar kkkkkkkkkkkk
Uma pessoa, que convivi diariamente comigo, de repente se afastou após eu falar sobre o que acredito, bom...creio eu ser esse o motivo, ou fofocas, pessoas adoram fofocar sobre a vida dos outros e do que não sabem, mas inventam...enfim...na verdade a pessoa nunca foi muito próxima mesmo, e se julga o livro pela capa, é porque teve preguiça de ler o conteúdo. Que devo fazer? Nada...simplesmente nada...o tempo e o silêncio são ótimas respostas...
E agora o que devo valorizar? A pergunta correta é: Como devo valorizar-me? 
Buscando apenas ser como o rio, que com sabedoria sabe contornar...
O tempo é maravilhoso, hoje dou graças a Deus por estar na fase madura, por ter vivido tudo que vivi, por todas pedras que tive que colher do meu caminho e guardar...O fenômeno RAM ( Registro Automático da Memória) me dá então o aprendizado, maravilhoso RAM...Sem ele eu não teria forças todos os dias para matar um leão, me desviar das cobras do caminho, e ignorar as antas...kkkkkkkkkkkkkk 
Valorizo meu *eu interior*, não por me sentir perfeita, como já disse estou longe disso...valorizo-me, me coloco a postos para viver e aprender diariamente a ser * SER HUMANO* .
Quero pedir desculpas, porque ter a humildade de reconhecer que posso não te agradar amigo leitor me dá a oportunidade de exercitar em mim, o seu direito de poder escolher gostar e desgostar de algo...
Hoje só quis poder dizer que não irei mais esperar a valorização externa, irei eu mesma buscar me valorizar e me respeitar como sou...
           
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares