Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

domingo, 18 de maio de 2014

Quais remédios podemos dar aos cães?

Sábado estive conversando com uma pessoa que tenho a maior admiração pelo seu profissionalismo e seu amor a profissão e também as pessoas, pois ela cuida de animais, e faz o melhor atendimento da cidade de Ji-Paraná, estou falando da Dra. Rosana Pereira, do Hospital Veterinário Pequenos Amigos. Ela já cuidou do meu filhinho Hajie, e salvou a vida dele, e ontem tive o prazer de conversar com ela, e obter ótimas dicas para meus cachorrinhos, uma delas foi saber que de todos os remédios de humanos o Cataflan é o único que não devemos dar aos animais, porque pode dar problemas gástricos no animal...os demais podemos usar...

Também fiquei sabendo que em breve teremos uma Associação de Proteção aos Animais em nossa cidade, a qual é claro, eu e meu marido já nos propomos em ser voluntários, pois amamos cuidar de bichinhos...
Quero dizer que logo o Hospital Pequenos Amigos terá um site. o link de acesso é: www.hospitalpequenosamigos.vet.br. Está em construção e teremos boas dicas pra pets. Agradeço a Dra. Rosana que é uma ótima veterinária e um Ser Humano sem igual, por toda dedicação e amor ao Hajie....

Matéria: Dicas para pets.
Fonte: Pet Vale

Remédios proibidos e permitidos

Fonte: Norsworthy’s 1993 Feline Practice
Medicamentos que NUNCA devem ser dados aos gatos
Acetominofen (Tylenol)
Apenas 1 comprimido já pode ser fatal para um gato adulto. Causa anemia hemolítica, formação de metahemoglobina (não transporta oxigenio), cianose, icterícia, edema de face, Taquipnéia, necrose hepática.
Benzocaina (Andolba)
Anestésico local em forma de spray ou pomada. Estimula o SNC, causa tremores, convulsões e por ultimo parada respiratória.
Hidrocarbonetos clorados (como lindane, clordane)
Presente em alguns produtos de combate à pulgas e outros parasitas. A reação pode ser imediata ou levar dias para ocorrer. Começa com uma resposta exagerada aos estimulo, tremores, progressão para tremores cada vez mais fortes até um estado convulsivo, febre.
Hexaclorofeno (agente germicida, encontrado em xampus, desinfetantes e sabonetes, como o Phisiohex)
É rapidamente absorvido através da pele e trato intestinal. Causa em gatos fadiga, fraqueza, incoordenação dos membros posteriores, febre, ausência de urina, paralisia flácida completa.
Carbaril (Carbamato = usado em remédios contra pulgas como Talco Bulldog)
NUNCA, principalmente como coleira, que expõe o gato constantemente. Causa lesão no SNC e morte por parada respiratória.
Outros produtos, anti-pulgas, carrapatos e sarna, proibidos para gatos:
Sabão Bulldog; Sabão Bulldog Plus; Sabão Bulldog Sarnicida; Sabonete Antipulgas para cães Tratto; Sabonte Parasiticida Asuntol; Sabonete Banzé; Sparay Bulldog Antipulgas e Carrapatos; Spray Tratto; Talco Antipulgas Bolfo; Talco Banzé; Talco Bulldog Contra Pulgas; Talco Tratto.
Azul de Metileno
Usado em medicamentos para tratar infecções urinárias (deixa o xixi azul).
Aspirina (AAS, Melhoral)
Primeiro estimula e depois causa depressão respiratória, ulceração gástrica, diminuição da agregação plaquetária, hipoplasia da medula óssea.
Nos sinais se tem inicialmente: taquipnéia e depois depressão respiratória, febre, anorexia, vômitos, gastrite hemorrágica, lesões renais, hemorragias, urina com sangue por nefrite hemorrágica.
No ser humano, 1 comprimido de aspirina leva de 3 a 4 horas para ser eliminado do organismo, por isso é tomado 1 comprimido a cada 4 horas.
Nos felinos, 1 comprimido de aspirina leva 72 horas para ser eliminado, ou seja, dura 3 dias. Isso faz com que seja extremamente  fácil causar uma overdose.
Medicamentos que podem ser usados em alguns gatos com restrições e só com acompanhamento veterinário!
Cloranfenicol
Causa Aplasia de medula óssea, por não conseguir ser metabolizado e eliminado. Sinais: animal fica cinza, abdomen duro, convulsão, fezes brancas.
Lidocaína Anestésico local (Xilocaína)
Pode causar contração muscular, hipotensão, náuseas e vômitos.
Anti-inflamatórios não esteróides
Podem causar úlceras.
Tetraciclina
Pode causar febre, diarréia, depressão
Morfina
Risco de superdosagem por acúmulo. Causa depressão
do SNC, convulsões. Deve ser usada com cautela. A dose máxima é de 0,1mg/Kg por via intravenosa. Para uso pós-operatório.
Fenobarbital, Pentobarbital Sódico e Tiopental Sódico (barbitúricos usados como anestesico)
Causam depressão respiratória e parada cardíaca. Usar com muito cuidado e monitoração. O tempo de duração do efeito é mutio maior que em outras espécies.
Diazepan, Valium e Dienpax (tranquilizantes Benzodiazepínicos)
Via intravenosa pode dar depressão respiratória. Usar com muita cautela.
Clorpromazina (Amplictil)
Em altas doses (pré-anestésico comumente usado em cães)- tremores de extremidade e cabeça, letargia, calafrios, rigidez, relaxamento do esfíncter anal. Acúmulo. Só usar em último caso, dar preferência a outro pré-anestésico, como Acepran+sulfato de atropina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares