Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sábado, 14 de dezembro de 2013

Benefícios do Bicarbonato de Sódio.

 
A maioria das pessoas têm bicarbonato de sódio em casa, mas poucos sabem tudo o que é possível fazer com aquele pó branco de gosto estranho que, muitas vezes, fica esquecido no armário.
Bicarbonato de sódio = produto de limpeza natural
Se utilizado na faxina, você verá que ele não deixa resíduos irritantes ou prejudiciais à saúde, não suja rios e outras fontes de água onde o esgoto é descartado.
O químico industrial Ubiracir Fernades, esclareceu porque esta substância limpa algumas sujeiras sem poluir o meio ambiente:
“Quando usamos o bicarbonato de sódio para tirar uma sujeira ácida, ela se transforma em um sal solúvel em água. Além do sal, outro subproduto da reação é o gás carbônico, que também é um resíduo não nocivo ao organismo humano nem ao meio ambiente.”
Bicarbonato na alimentação e saúde
Higienizando as hortaliças: limpe frutas e vegetais usando uma mistura de bicarbonato de sódio e água para remover a sujeira. Depois enxágue com água corrente.
Substituindo o fermento: substitua o fermento por bicarbonato usando um pouco mais do que a medida original da receita. O bicarbonato costuma realçar a cor dos bolos, especialmente os de chocolate.
Clareando os dentes: deixe um pote contendo bicarbonato no armário do banheiro, você pode colocar apenas uma pequena pitada de bicarbonato sobre o creme dental e escovar os dentes normalmente.
Combatendo aftas e cáries: faça um bochecho com uma pitada da substância para meio copo de água. O bicarbonato neutraliza a acidez da boca que contribui para o aparecimento de aftas e cáries, mas o contato direto com o pó pode agravar as lesões.
Aliviando azia e má digestão: tome um copo de água misturado com uma colher de café de bicarbonato de sódio. Pessoas hipertensas, no entanto, precisam usar esta receita com cuidado, pois a mistura da solução de bicarbonato e água com os ácidos do estômago resulta na formação de sal. Além disso, causa gases inevitáveis.
Advertências
O bicarbonato de sódio é contraindicado em pacientes com edemas. Não é recomendado como antídoto depois da ingestão de ácidos minerais fortes; em pacientes com alcalose metabólica, perda de cloretos devido a vômitos, hipocalcemia, toxemia de gestação, disfunção renal ou hipertensos.
Se necessário o uso em gestante, a quantidade de sódio que se absorve pode causar edema e aumento de peso devido a ser absorvido sistematicamente. Não se deve administrar antiácido em crianças menores de 6 anos. Deve ser usado com cuidados especiais em pacientes com lesão ou insuficiência renal, com histórico de retenção de sódio.


Bicarbonato para limpeza e faxina

Limpando utensílios impregnados com cheiro de café: tanto cafeteiras como garrafas térmicas podem ser limpas usando quatro colheres de sopa de bicarbonato diluídas em dois litros de água fervente. Derrame a solução sobre os utensílios e, depois que esfriarem, enxágue bem.
Deixando as superfícies de aço inox mais brilhantes: prepare uma pasta acrescentando álcool ao pó de bicarbonato de sódio até que a mistura fique com uma textura pastosa, porém dissolvida. Depois, derrame a pasta sobre a superfície e, com um pano macio, limpe suavemente acompanhando o acabamento (não limpe em círculos, pois pode marcar). Se preferir uma limpeza ainda mais suave, prepare uma solução contendo uma colher de sopa cheia de bicarbonato de sódio diluída em um copo de 200 ml de água. Com um pano umedecido na solução ou uma esponja macia, limpe superfícies de aço inoxidável e veja como brilham mais.
Limpando utensílios feitos de inox: dissolva apenas uma colher de bicarbonato de sódio em um litro de água. Deixe os utensílios de molho por 30 minutos, depois enxágue normalmente e seque com um pano limpo para evitar manchas.
Desentupindo o cano da pia: para desentupir o cano da pia, coloque duas colheres de bicarbonato de sódio dentro do ralo e derrame água quente até que todo o pó escorra. Caso necessário, repita a operação.
Limpando o forno e o fogão: para retirar as crostas de sujeira queimada do forno e do fogão, espalhe uma camada fina de pó de amoníaco em toda a superfície que precisa ser limpa e deixe agir por cerca de duas horas. Depois, passe um pano embebido em solução de água e bicarbonato (uma parte de bicarbonato para duas de água) e finalize passando um pano seco.
Atenção! O forno ou o fogão devem estar frios para a realização dessa limpeza.
Evitando que micro-organismos se proliferem na esponja da cozinha: deixe-a de molho em um pote (do tamanho de um pote de margarina) com água e duas colheres de sopa de bicarbonato. O ideal é guardar a esponja sempre limpa e seca.
Limpando as velas dos filtros de barro: esfregue o pó sobre as velas e depois enxague bem. A limpeza neste caso é promovida pelo atrito entre a vela e o bicarbonato. Porém, se você usar o sal, que é mais granulado, a limpeza será ainda mais eficiente.
Amolecendo sujeiras incrustadas de sua lata de lixo: adicione 4 colheres de bicarbonato em 5 litros de água fervente. Deixe a lata de lixo de molho até a água esfriar, depois esfregue com uma escova apropriada. O mau cheiro também vai embora.
Limpando pia, bidê e vaso sanitário: faça uma pasta concentrada de limão e bicarbonato, depois, com uma escova apropriada, esfregue a louça do banheiro para remover o limo acumulado.
Tirando o mofo: polvilhe bicarbonato de sódio sobre um pano úmido e passe sobre as superfícies mofadas do banheiro. Faça isso logo que notar a presença do mofo, assim você evita manchas.
Servindo como desodorizante de tapetes e carpetes: basta polvilhar o pó de bicarbonato, deixar agir por duas horas e usar um aspirador para retirar o pó que deverá ter absorvido os maus odores.
Limpando pisos: misture meia xícara de vinagre, três colheres de sopa de bicarbonato e 1 colher de amaciante (para aromatizar) em um balde com água. Essa medida é suficiente para limpar o piso de um apartamento médio, deixando-o desinfetado e cheiroso.
Resolvendo o problema de mau cheiro nos ralos: misture bicarbonato de sódio e vinagre em partes iguais e derrame a mistura sobre os ralos.
Espero que estas dicas de limpeza da casa sejam testadas e principalmente utilizadas. Se todos fizerem um pouco, teremos um planeta mais limpo!


PARA DESCOMPLICAR: UTILIZE UMA COLHER DE CAFÉ DE BICARBONADO DE SÓDIO PARA CADA LIMÃO .
Médicos não espalhá-lo, porque é barato
LEIA COM ATENÇÃO E RECOMENDALO alguém por favor pode precisar!

• A dose recomendada é de 1/2 litro de água + suco de 3 limões + 1 colher de chá de bicarbonato de sódio. Tomar com o estômago vazio, de manhã, pode ser dividida em duas doses durante o dia, mas não entre as refeições. É melhor levá-lo todos os dias, mesmo quando a doença já se foi, porque tudo o câncer pode voltar, e é importante para prevenir.
O bicarbonato de sódio é um dos mais potentes EXISTS alcalinizantes. Otto Heinrich Warburg (Prêmio Nobel de 1931 por sua tese “A causa primária ea prevenção do câncer”) afirmou que “as células vivas de câncer de uma maneira extremamente ácido e carente de oxigênio. Células saudáveis vivem em um ambiente alcalino e oxigenado, permitindo a operação normal. Privar uma célula de 35% de oxigênio por 48 horas pode converter muito provavelmente cancerígeno. substâncias ácidas rejeitar oxigênio, enquanto que substâncias alcalinas e células atrair oxigênio. células cancerosas são anaeróbico (não respire oxigénio) e não podem sobreviver na presença de níveis elevados de oxigénio. Em vez disso, GLUCOSE sobreviver enquanto o ambiente é livre de oxigénio. tecidos tecidos cancerosos são ácidos, enquanto os tecidos normais são alcalinas ., portanto, o câncer não seria nada mais do que um mecanismo de defesa que tem certas células do corpo para se manter vivo em um ambiente desprovido de oxigênio e ácido. “
Dose: 1/2 litro de água + suco de 3 limões + 1 colher de chá de bicarbonato de sódio.
Dra. Elizabeth Izquierdo:
“Eu sou um médico e eu me recuso a acreditar que só o rádio e quimioterapia terapias são os salvadores do câncer.”
Vencer o Cancro:
Um Aliado insuspeita. Em seu kit você pode encontrar a kryptonite para o cancro.
Quem diria? O bicarbonato de sódio humilde e muito barato, de acordo com as últimas pesquisas e surpreendentes, pára e curar o câncer. E não só isso: Alivia tão importantes quanto os efeitos colaterais negativos da quimioterapia. É isso mesmo: Especialistas convencionais, parte consciente ou inconscientemente, mais aparelhos predatória financeira da história, o complexo médico-farmacêutica industrial, continuam convencidos de que o câncer é uma impenetrável misterior. A “solução” de medicina organizada para o câncer encontra-se em três procedimentos muito arriscado e altamente invasiva cirurgia, quimioterapia e radioterapia. A solução pode estar no kit de casa de banho. Em seu livro, “Ganhar a guerra contra o câncer” (“Ganhou a guerra contra o câncer”), seu autor, o Dr. Mark Sircus, aborda a questão de bicarbonato de sódio, que ajuda a salvar inúmeras vidas todos os dias. O bicarbonato de sódio é o método conhecido desde os tempos antigos para retorno mais rápido aos níveis normais no bicarbonato cuerpo.Y é também o mais barato, mais seguro e, talvez, o remédio mais eficaz disponível para o câncer. Bicarbonato de sódio dá o corpo uma forma natural de quimioterapia que efectivamente mata as células cancerosas, sem os efeitos secundários devastadores e os custos da quimioterapia convencional.
E você sabe qual é o problema para os médicos a prescrever esta cura milagrosa? É muito mais barato. Uma vez que ninguém pode enriquecer e ganhar muito dinheiro com uma coisa tão simples, ninguém promove. É simples assim e é essa realidade brutal. E, no entanto, ainda hoje, provavelmente nunca ouviu falar deles, porque eles são simples e baratos e, portanto, não têm o apoio a ser pesquisado e publicado.
A comunidade médica tem virado as costas para Dr.Simoncini e outros colegas, porque ele, como um oncologista honesta, que é um especialista em câncer – recusou-se a usar os métodos convencionais, decidindo seus pacientes bicarbonato de sódio adminstrar, sucesso com uma de 99 por cento impressionante de casos de câncer de mama. E cancro da bexiga pode ser curada num curto espaço de tempo, por completo, sem quimioterapia, cirurgia ou radioterapia, utilizando apenas um dispositivo de infiltração local (semelhante a um cateter) para infusão de bicarbonato de sódio directamente ao local infectado é em mama ou da bexiga. Mas também pode ser consumida por via oral.
A farmacêutica:
Ambos sabem o bicarbonato de sódio farmacêutica aplicada a tumores eventualmente desaparecer rapidamente, que muitos dos tratamentos de quimioterapia atualmente incluem bicarbonato de sódio, com a desculpa de que “ajuda” proteger os rins, o coração eo sistema paciente está nervoso. E que já tenha sido determinado que a administração de quimioterapia, sem bicarbonato podem matar o doente lá. Então, quando ouvimos agora os “sucessos” de quimioterapia, especialmente com relatórios sobre TV a cabo e celebridades milagrosamente cura, por isso não nos dizem é que é precisamente o bicarbonato de sódio que está atuando, não só para parar metástases de cancro e cura, mas também para minimizar os efeitos secundários prejudiciais de venenos as temidas quimioterapia tóxicos. Dr. Sircus diz isso. “Não há qualquer estudo para separar os efeitos do bicarbonato de sódio de agentes quimioterápicos tóxicos nem vai ……” diz o Dr. resignado.

O fator emocional: Há muito que se sabe que a ansiedade extrema angústia, ou a perda de um ente querido, falha nos alvos, dilemas existenciais, morais ou traumas emocionais, etc – pode desencadear uma série de doenças físicas, enxaqueca, hipertensão , o sistema imunológico baixo, etc, atingindo o câncer. E isso é lógico: Se houve um declínio no sistema imunitário, quer seja crónica ou súbita, não havia maneira na qual os fungos, que estudos recentes são aqueles que causam cancro, podem proliferar ao ponto de comprometer a vida.
. – O bicarbonato de sódio
—————————————

Otto Heinrich Warburg: “A Causa Primária do Câncer”

A Causa Primária do CâncerSabiam que no ano de 1931 um cientista recebeu o prêmio Nobel por descobrir a CAUSA PRIMÁRIA DO CÂNCER? Mas peraí, se a causa foi descoberta, por que ainda não descobriram a cura??
Vamos saber agora!!

Foi este senhor:

Otto Heinrich Warburg (1883-1970).
Prêmio Nobel em 1931 por sua tese “A causa primária e a prevenção do câncer” Segundo este cientista, o câncer é a consequência de uma alimentação antifisiológica e um estilo de vida antifisiológico. Por que?… porque uma alimentação antifisiológica – dieta baseada em alimentos acidificantes + sedentarismo, cria em nosso organismo um ambiente de ACIDEZ.
A ACIDEZ por sua vez, EXPULSA o OXIGÊNIO das células!!!
Ele afirmou: “A falta de oxigênio e a acidez são as duas caras de uma mesma moeda: quando você tem um, você tem o outro.”
Ou seja, se você tem excesso de acidez, então automaticamente falta oxigênio em seu organismo!
Outra afirmação interessante: “As substâncias ácidas repelem o oxigênio; em oposto, as substâncias alcalinas atraem o oxigênio.”
Ou seja, um ambiente ácido, sim ou sim, é um ambiente sem oxigênio.

E ele afirmava que: “Privar uma célula de 35% de seu oxigênio durante 48 horas, pode convertê-la em cancerígena.”
Ainda segundo Warburg: “Todas as células normais tem como requisito absoluto o oxigênio,  porém as células cancerosas podem viver sem oxigênio – uma regra sem exceção.”
E também: “Os tecidos cancerosos são tecidos ácidos, enquanto que os saudáveis são tecidos alcalinos.”
Em sua obra “O metabolismo dos tumores”, Warburg demonstrou que todas as formas de câncer se caracterizamn por duas condições básicas: a acidose (acidez do sangue) e a hipoxia (falta de oxigênio). Também descobriu que as células cancerosas são anaeróbias (não respiram oxigênio) e NÃO PODEM sobreviver na presença de altos níveis de oxigênio; em troca, sobrevivem graças a  GLICOSE, sempre que o ambiente está livre de oxigênio… Portanto, o câncer não seria nada mais que um mecanismo de defesa que tem certas células do organismo para continuar com vida em um ambiente ácido e carente de oxigênio.
Resumindo:
Células sadias vivem em um ambiente alcalino e oxigenado, o qual permite seu normal funcionamento.

Células cancerosas vivem em um ambiente extremamente ácido e carente de oxigênio:
IMPORTANTE:
Uma vez finalizado o processo da digestão, os alimentos de acordo com a qualidade de proteína, hidrato de carbono, gordura, minerais e vitaminas que fornecem, gerarão uma condição de acidez ou alcalinidade no organismo. Ou seja, depende unicamente do que você come!O resultado acidificante ou alcalinizante se mede através de uma escala chamada PH, cujos valores se encontram em um nível de 0 a 14, sendo PH 7, um PH neutro. É importante saber como os alimentos ácidos e alcalinos afetam a saúde, já que para que as células funcionem de forma correta e adequada, seu PH deve ser ligeiramente alcalino. Em uma pessoa saudável,
o PH do sangue se encontra entre 7,40 e 7,45. Leve em conta que se o ph sanguíneo caísse abaixo de 7, entraríamos em estado de coma, próximo a morte.

Então, o que temos a ver com tudo isto? Vamos ao que interessa!!
Alimentos que acidifican o organismo:
# Açúcar refinado e todos os seus subprodutos – o pior de tudo: não tem proteínas, nem gorduras, nem minerais, nem vitaminas, só hidrato de carbono refinado, que pressiona o pancreas. Seu PH é 2.1 ou seja, altamente acidificante
#  Carnes – todas
# Leite de vaca e todos os seus derivados – queijos, requeijão, iogurtes, etc.
# Sal refinado
# Farinha refinada e todos os seus derivados – massas, bolos, biscoitos, etc.
# Produtos de padaria – a maioria contém gordura sagurada, margarina, sal, açúcar e conservantes
# Margarinas
# Refrigerantes
# Cafeína – café, chás pretos, chocolate
# Álcool
# Tabaco
# Remédios, antibióticos
# Qualquer alimento cozido – o cozimento elimina o oxigênio e o trasforma em ácido – inclusive as verduras cozidas.
# Tudo que contenha conservantes, corantes, aromatizantes, estabilizantes, etc. Enfim: todos os alimentos enlatados e industrializados. Constantemente o sangue se encontra autorregulando-se para não cair em acidez metabólica, desta forma garantindo o bom funcionamento celular, otimizando o metabolismo. O organismo DEVERIA obter dos alimentos, as bases (minerais) para neutralizar a acidez do sangue na metabolização, porém todos os alimentos já citados, contribuem muito pouco, e em contrapartida, desmineralizam o organismo (sobretudo os refinados). Há que se levar em conta que no estilo de vida moderno, estes alimentos são consumidos pelo menos 3 vezes por dia, os 365 dias do ano!!! Curiosamente, todos estes alimentos citados, são ANTIFISIOLÓGICOS!!…Nosso organismo não foi projetado para digerir toda essa porcaria!!!

Alimentos Alcalinizantes
# Todas as verduras cruas (algumas são ácidas ao paladar, porém dentro do organismo tem reação alcalinizante, outras são levemente acidificantes porém trazem consigo as bases necessárias para seu correto equilíbrio);  cruas produzem oxigênio, cozidas não.
# Frutas, igualmente as verduras. Por exemplo: o limão tem um PH aproximado de 2.2, porém dentro do organismo tem um efeito altamente alcalinizante (quem sabe o mais poderoso de todos).
Não se deixe enganar pelo seu gosto ácido, ok?
As frutas produzem quantidades saudáveis de oxigênio!
# Sementes: além de todos os seus benefícios, são altamente alcalinizantes, como por exemplo as amêndoas.
# Cereais integrais: O único cereal integral alcalinizante é o milho, todos os demais são ligeiramente acidificantes, porém muito saudáveis!.. Lembre-se que nossa alimentação ideal necessita de uma porcentagem de acidez (saudável). Todos os cereais devem ser consumidos cozidos.
# O mel é altamente alcalinizante.
# A clorofila das plantas (de qualquer planta)� �é altamente alcalinizante (sobretudo a aloe vera, mais conhecida como babosa).
# Á água é importantíssima para a produção de oxigênio. “A desidratação crônica é o estressante principal do corpo e a raiz da maior parte de todas as enfermidades degenerativas”, afirma o Dr. Feydoon Batmanghelidj.#O exercício oxigena todo teu organismo, o sedentarismo o desgasta.  Não é preciso dizer mais nada, não é?

O Doutor George w. Crile, de Cleverand, um dos cirurgiões mais importantes do mundo declara abertamente:
“Todas as mortes mal chamadas “naturais”, não são mais que o ponto terminal de uma saturação de ácidos no organismo.”

Como dito anteriormente, é totalmente impossível que um câncer prolifere em uma pessoa que libera seu corpo da acidez, nutrindo-se com alimentos que produzam reações metabólicas alcalinas e aumentando o consumo de água pura; e que por sua vez, evita os alimentos que produzem acidez, e se abstém de elementos tóxicos. Em geral o câncer não se contrai nem se herda… o que se herda são os costumes alimentícios, ambientais e o estilo de vida.  Isto sim é que produz o câncer.
Mencken escreveu:
“A luta da vida é contra a retenção de ácido”.
“O envelhecimento, a falta de energia, o stress, as dores de cabeça, enfermidades do coração, alergias, eczemas, urticária, asma, cálculos renais e arterioscleroses entre outros, não são nada mais que a acumulação de ácidos.”

O Dr. Theodore A. Baroody disse em seu livro “Alkalize or Die” (Alcalinizar ou Morrer):
“Na realidade não importa o sem-número de nomes de enfermidades. O que importa sim é que todas elas provém da mesma causa básica: muito lixo ácido no corpo!”

O Dr. Robert O. Young disse:
“O excesso de acidificação no organismo é a causa de todas as enfermidades degenerativas. Quando se rompe o equilíbrio e o organismo começa a produzir e armazenar mais acidez e lixo tóxico do que pode eliminar, então se manifestam diversas doenças.”

E a quimioterapia?Não vou entrar em detalhes, somente me limito a enfatizar o óbvio: a quimioterapia acidifica o organismo a tal extremo, que este recorre às reservas alcalinas do corpo de forma inmediata para neutralizar tanta acidez, sacrificando assim bases minerais (Cálcio, Magnésio, Potássio) depositadas nos ossos, dentes, articulações, unhas e cabelos. É por esse motivo que se observa semelhante degradação nas pessoas que recebem este tratamento, e entre tantas outras coisas, se lhes cai a g rande velocidade o cabelo. Para o organismo não significa nada ficar sem cabelo, porém um PH ácido significaria a morte. Eis a resposta do começo do email: >>> É necessário dizer que isto não é divulgado porque a indústria do câncer (leia-se indústria alimentícia + indústria farmacêutica) e a quimioterapia são alguns dos negócios mais multimilionários que existem hoje em dia ??
É necessário dizer que a indústria farmacêutica e a indústria alimentícia são uma só entidade??
nota: Você se dá conta do que significa isto?
Quanto mais gente doente, mais a indústria farmacêutica no mundo vai lucrar! E pra fabricar tanta gente doente, é ncessário muito alimento lixo, como a indústria alimentícia tem produzido hoje no mundo, ou seja, um produz pra dar lucro ao outro e vice-versa, é uma corrente. Esta é uma equação bem fácil de entender, não é?)
Quantos de nós temos escutado a notícia de alguém que tem câncer e sempre alguém diz: “É…. poderia acontecer com qualquer um…” Com qualquer um ???

Agora que você já sabe, o que você vai fazer a respeito?
A ignorância justifica, o saber condena.
“Que teu alimento seja teu remédio, que teu remédio seja teu alimento.” Hipócrates

=======================================
Veja ainda:

Bicarbonato de sódio confina tumores, sugerem pesquisas

EDUARDO GERAQUE
da Folha de S.Paulo

A importância do uso do bicarbonato de sódio para frear o surgimento de metástases tumorais ganha força com resultados recentes de experimentos feitos em camundongos. A substância eleva o pH do ambiente tumoral, o que dificulta a proliferação das células.
“Os testes em animais mostram que o bicarbonato deixa o tumor confinado”, afirma Andres Yunes, pesquisador do Centro Infantil Boldrini, em Campinas, interior paulista.
Os animais tomaram bicarbonato via oral. A acidez dentro de um ambiente tumoral (pH mais baixo) torna a doença mais agressiva, como várias pesquisas já demonstraram.
Com os dois estudos publicados no periódico “Cancer Research”, que reuniu grupos americanos (Arizona e Flórida) e um brasileiro (Boldrini), a hipótese que associa acidez a metástases fica mais robusta.
A tendência é que ela seja examinada em testes em humanos, que devem ser feitos nos EUA, no curto prazo.
De acordo com Yunes, que participou dos estudos ao ajudar a desenvolver um simulador computacional de tumor, existem argumentos para que testes clínicos com o bicarbonato em humanos possam ser feitos também no Brasil.
O modelo de computador, desenvolvido pelo engenheiro Ariosto Silva, hoje na Universidade da Flórida, corrobora a importância da acidez.
A ferramenta simulou o crescimento de um tumor de mama em três dimensões a partir de cenários reais. A substância ideal para neutralizar o tumor teria de ter um pH por volta de 7. O bicarbonato tem um pH de 6,1. Não é o ideal, mas serve.
Porém, os caminhos para frear tumores agressivos, diz Yunes, são vários. Uma saída é interferir diretamente na resistência do tumor à acidez.
“Tudo indica que essa maior resistência é por causa de uma proteína específica”, diz Yunes. Portanto, pode-se pensar em uma droga que aja diretamente sobre ela. O resultado esperado é que o ambiente ácido, antes benéfico, acabe agora se voltando contra as células tumorais.
http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u581633.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares