Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sábado, 1 de junho de 2013

Tratamento para transtorno de Personalidade Esquizóide.


O transtorno de personalidade esquizóide e outros transtornos de personalidade são distúrbios que envolvem uma sintomatologia que compromete muito a pessoas, interferindo em seus relacionamentos sociais, trabalho, vida afetiva, etc.



Os sintomas e características do transtorno de personalidade esquizóide são:

- Padrão evasivo e deslocamento de relações sociais

- Gama restrita de expressão de emoções

- Início dos sintomas na idade jovem ou adulta

- Ausência de desejos

-Ausência de amizades e relações afetivas

- Distanciamento afetivo inclusive com a família

- Preferência por atividades solitárias

- Pouco interesse nas relações sexuais

- Indiferença a elogios ou críticas

- Frieza emocional

- Comportamentos considerados estranhos ou excêntricos



O tratamento em Psicoterapia para o Transtorno de Personalidade Esquizóide pode ser conduzido em diferentes abordagens, porém nenhum deles é considerado mais eficaz.



Tal como acontece com todos os transtornos de personalidade, o tratamento de escolha é a psicoterapia individual.



No entanto, as pessoas com esse transtorno normalmente não procuram tratamento, exceto se estiverem em crise aumentada, sob estresse ou pressão na sua vida.



O tratamento geralmente deve ser de curto prazo em sua natureza para ajudar a solucionar a crise imediata e individual ou problema mais gritante.



O paciente com transtorno de personalidade esquizóide normalmente só fica em tratamento até que perceba melhora em sua situação clínica, quando daí costuma abandonar o tratamento, ou seja, não adere o suficiente para dar sustentação à melhora terapêutica.



Para o paciente os objetivos do tratamento, na maioria das vezes, estão somente relacionados à solução imediata da crise situacional e normalmente só aceitação alguma abordagem que permita focalização específica do problema ou no máximo uma psicoterapia breve.



O desenvolvimento do relacionamento e uma relação terapêutica confiante provavelmente terão melhor adesão, e isso deve ser realizado como um processo lento e gradual no qual não o paciente nunca se permite desenvolver-se plenamente.



As pessoas que sofrem desta desordem frequentemente mantém distância social com as pessoas nas suas vidas, mesmo daqueles próximos a eles.



O Psicólogo clínico deve trabalhar para ajudar a garantir a segurança do cliente na relação terapêutica.



Deve reconhecer os limites do cliente, pois isso é fundamental, pois não deve criar situações de confrontação.



A Psicoterapia de longo prazo deve ser evitada devido ao seu tempo necessário de envolvimento e adesão que acaba comprometendo os resultados práticos e financeiros com as dificuldades inerentes do comprimento da terapia.



Em vez disso, a psicoterapia deve concentrar-se no foco dos problemas emergentes para aliviar a crise atual com objetivos prementes e as preocupações vitais ou estressores na vida do indivíduo.



A Psicoterapia Cognitiva com técnicas de reestruturação cognitiva, ensaios comportamentais, e exercícios podem ser adequados para determinados tipos de transtornos esquizóides, formulando políticas claras, corrigindo pensamentos irracionais que estão influenciando negativamente o comportamento do paciente.



O quadro terapêutico deve ser claramente definido no início do tratamento.



A estabilidade e o apoio são as chaves para o bom tratamento com alguém que sofre de transtorno personalidade esquizóide.



O terapeuta deve ter cuidado para não “abafar” o cliente e ser capaz de tolerar algumas possíveis deliberações de comportamentos.


Outra alternativa é a terapia de grupo, com grupos homogêneos ou heterogêneos que podem ajudar-se mutuamente, dirigidos por profissionais competentes.

Fonte de Pesquisa: Psicologia Internet.
Este Blog esta de acordo com a Lei 9.610 dos direitos autorais na internet,para acessar a materia original clic na fonte. Os Textos por mim publicados não aceitam plágio, queira informar minha fonte. Ser blogueiro é saber respeitar os direitos de cada autor, e amar compartilhar informações.

Obrigada pela visita e volte sempre!!!

Rô Carvalho.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares