Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Ciúme doentio: Como aprender a controlar este sentimento e reconhecer a força interna para se superar em um relacionamento.

Ciume doentio: Como aprender a controlar o ciúme e não ficar inseguro no relacionamento

O ciúme doentio é um sentimento profundo e intenso que muitas pessoas experimentam em um relacionamento. Muitos sofrem com este sentimento, se sentem perdido e descontrolado, pois a percepção e a autoestima fica comprometida. Voce pode fazer um teste de ciúme neste site. Clique em teste de ciúme

Sofrer por ciúme não é fácil e deixar de sentir isso é ainda mais difícil para quem está vivenciando esta situação, pois não encontra saídas, muitas vezes sabe que o que percebe, o que vê e o que o outro fala não transmite segurança, alimentando um círculo vicioso que parece nunca ter fim.

O ciúme doentio provoca muito sofrimento e até comportamentos perigosos, quer seja pela impulsividade do ciumento em querer resolver as coisas de forma extremada, quer seja pela incapacidade do ciumento de conseguir se conter, se controlar e de enxergar a situação de maneira menos negativa.

O ciúme patológico ou ciúme doentio por muitas vezes aparece na mídia, jornais, revistas, TVs, em noticiários de suicídio ou assassinatos provocados por pessoas que vivenciaram situações tão desesperadoras que a única forma que encontraram para sair desta situação foram estes atos.

Uma das formas de se conseguir entender o porque ocorreu este sentimento no relacionamento é fazer um retrospectiva de situações que foram dando corpo a este ciúme e a partir desta reflexão associar a própria valorização pessoal com estes acontecimentos.

O principal combustível do ciúme doentio é a própria insegurança de quem vivencia a situação. Mesmo que a situação de ciúme esteja sustentada por uma real traição do outro, vivenciar o ciúme, sofrer com a situação e perdurar neste sofrimento está diretamente relacionado com aquilo que você quer, deseja e espera do relacionamento.

Quando ocorre uma real traição, a pessoa traída precisa se rever na situação, refazendo suas expectativas e reavaliando sua posição neste relacionamento.

Estando com a autoestima elevada, valorizando-se pessoalmente, a pessoa pode em qualquer momento da relação repensar se ainda vale a pena o investimento no outro, se ainda vale a pena reconstruir o que foi destruído e se ainda vale a pena perdoar ou ser perdoado para que se refaça a partir de uma situação tão delicada.

Se, ao contrário, a pessoa estiver com a autoestima rebaixada, sentindo-se inferior, rejeitada, trocada ou menosprezada, provavelmente terá mais dificuldade de repensar, de se reposicionar e de entender suas próprias expectativas, o que pode gerar um sentimento de querer lutar por algo que não sente forças, de querer descobrir ainda mais, de sofrer ainda mais numa penitência que não vale a pena.

A busca pelo atendimento psicológico, a ajuda de um profissional, pode facilitar este processo, permitindo que a pessoa de revalorize, perceba que é merecedora da retribuição de sua capacidade de amar.

Sofrer por ciúme é sofrer pela própria insegurança. Nossa felicidade nunca está nas mãos do outro, nós podemos fazer nossa felicidade e podemos construir relações merecedoras de nosso amor.

Amar demais não é problema, amar e não ser correspondido provoca insegurança, a insegurança diminui nossa autoestima e nos deixa vulnerável.

Se conhecer, se reconhecer, se sentir merecedor de algo bom, poder compartilhar nossa capacidade de amar é saudável e requer principalmente nossa atenção para isso.
Fonte: Psicologia na net
OBS: Este Blog Pessoal, está de acordo com a Lei 9.610 dos direitos autorais na internet. Caso eu tenha usado uma imagem ou texto seu e não tenha deixado a fonte de origem, queira entrar em contato para que eu lhe dê os devidos créditos. Para ver a postagem de origem clique na fonte. Os textos por mim escritos só poderão ser copiados se informarem minha fonte. Blogar é um ato solidário de amor ao próximo, é amar compartilhar informações. Desde já agradeço pela visita e volte sempre...

Rô Carvalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares