Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

domingo, 16 de dezembro de 2012

Você ouve os sinais que a vida manda?

** Tremendo esse texto...perdemos tanto tempo deixando de apreciar as pequenas coisas, os pequenos gestos das pessoas, perdemos tanto tempo achando que deveria fazer e não fazendo...Desperdiçando o que na verdade não poderiamos desperdiçar...
Cadê os valores da nossa personalidade??
Em que momento deixamos de ser nós mesmos pra viver a vida de outra pessoa?
Isso tem nos satisfeito a alma?
Ficamos presos em uma redoma, em uma camuflagem, por medo de ser nós mesmos...Porque a sociedade nos critica, nos aponta o dedinho medíocre da hipocrisia...
Ficamos inertes, deixando de agir como deveriamos agir, nos acovardamos diante de tantas coisinhas pequenas :(
E aí você, eu, entramos em cheque, querendo agradar A e B, porque achamos que isso será o melhor...Ficamos infelizes porque não conseguimos agradar a todos, e esquecemos que nem Nosso Poder Superior (Jesus, Deus) agradou a todos...Entramos em parafuso, porque nada do que fizemos foi visto com bons olhos...
Deixamos de viver a essência da liberdade...Liberdade em nós mesmos...e tudo isso pra que? Para nos importar com o que os outros vão achar de você...
Rescentemente uma amiga me falou de solidão...que já não suportava mais viver assim, e que essa dor a consumia todos os dias...Fiquei quieta por uns segundos, e refleti: Poxa eu também já me lastimei tanto por causa de solidão, já chorei tanto por causa disso...e hoje aprecio meus momentos de solidão, de reflexão, de analise interior...quis passar pra ela que isso é bom, e que podemos tirar proveito do nosso momento de dor, para nosso crescimento como ser humano, para nossa evolução...Não é fácil romper padrões enraizados, eu sou consciente disso! Mas vejo tudo hoje com outros olhos...se a algum tempo chorava por determinada coisa, hoje já não choro mais, nossa resiliência vai amadurendo, nosso foco vai sendo outro, e assim vamos nesse processo evolutivo de descobertas em nós mesmos...
O que não podemos jamais, é nos deixar, nos abandonar...Nada nem ninguém, fará o que você tem que fazer por si mesmo.
Uma frase que hoje faz um grande sentido pra mim é: Se você não aprende pelo amor, você aprende com a dor!!!
Hoje meu dia de cada vez, o meu Só Por Hoje...é vivido com mais serenidade, mais paz interior...Fui arrancando de dentro tudo aquilo que me fazia mal, e as vezes essa atitude minha assustou algumas pessoas, quem não pôde aguentar, afastou-se de vez...não questiono essas pessoas, os verdadeiros ficaram para observar.
Fiquei tanto tempo nesses 2 ultimos anos só...que aprendi a ver o quão importante é minha solidão para mim...Foi de grande ajuda na minha busca por mim...Vejam bem, eu smepre falo que existe um egoísmo saudável...é o egoísmo que você busca por você e pra você...
E pra encerrar meu post deixo a seguinte frase:
Seja essência na sua vida!!
By Rô Carvalho***


Você ouve os sinais que a vida manda?


:: Rosana Braga ::

Lembre-se de uma situação bem desagradável que já aconteceu com você! Talvez uma traição num relacionamento, uma mentira descoberta, uma briga grave ou algo assim. Agora, sem abusar do lugar de vítima, tente retroceder esse acontecimento na memória, como se fosse um filme que pudesse ser rebobinado em câmera lenta.

A ideia é que você perceba que antes do caldo entornar ou da porca torcer o rabo ou do pior ter acontecido, alguns sinais foram dados. Se você reparar bem, nada acontece da noite para o dia, ou do nada, como muitos preferem acreditar. Além disso, tudo o que faz parte da nossa história, sempre inclui a nossa participação, de uma forma ou de outra. Ou seja, nunca somos somente passivos. Há algo de nós que está ativo em qualquer circunstância e que precisa ser considerado se quisermos aprender alguma coisa. Nem que seja como não cometer o mesmo erro infinitas vezes.

O fato é que a vida sempre nos manda dicas, sinais, avisos sobre estarmos ou não estarmos no caminho certo. Mas, geralmente, ignoramos, não estamos atentos. Simplesmente insistimos no mesmo, no cômodo, no conhecido. E quando dá errado, imediatamente vestimos a carapuça de vítimas. Vítimas do outro, da injustiça do mundo, do raio que o parta. Nunca vítimas de nós mesmos, das armadilhas que nós mesmos armamos contra nossa chance de ser feliz.

Se repararmos bem, diante de grandes dores que vivemos –não de todas, é claro, mas de muitas delas– poderíamos ter evitado de alguma forma. Ou amenizado o desastre, pelo menos. Quer exemplos?

Muito antes de um relacionamento terminar, poderíamos ter sido mais atentos, ouvido mais, tentado melhorar em algum aspecto? Muito antes de uma traição, poderíamos ter nos interessado mais, elogiado mais, criticado menos? Diante de agressões, poderíamos ter buscado ajuda, investido em nossa autoestima?

Veja bem, não se trata de chorar pelo leite derramado, nem acreditar que seja possível viver uma vida sem erros, enganos e dores. Não se trata, tampouco, de se afundar numa culpa inútil. Não é isso! Afinal de contas, é o erro que, em última instância, nos proporciona a chance de descobrir como acertar, muitas vezes.

Estou falando de parar de acreditar que a vida é mesmo tão difícil, tão exigente de sacrifícios, tão cheia de dores. Estou falando de olhar o outro, o amor e as relações por um viés mais claro. Tem a ver com abrir os olhos e ver; manter-se atento ao que acontece ao seu redor. Tem a ver com intuição, percepção, sensibilidade. Talvez uma combinação equilibrada entre razão e emoção, visível e invisível, o que se diz e o que se cala.

Se queremos acertar, precisamos antes admitir que nem sempre sabemos como. Mas podemos aprender. E isso se faz com atenção! Quanto mais abertos estão a nossa mente e o nosso coração, mais teremos condições de avaliar e escolher de que forma e para qual direção daremos o próximo passo.

Então, chega de botar a culpa por sua tristeza e infelicidade no mundo, como se você nada pudesse fazer para mudar isso. Você pode! Aos poucos, devagar. Sobretudo, mantenha-se acordado para a vida, porque ela está ao seu favor, e sempre manda sinais. Sem dúvida, sinais de amor.

Aviso importante:
Este blog pessoal está de acordo com a lei.9.610 dos direitos autorais na internet
para ver a postagem de origem clique na fonte ou no autor.

Obrigada pela visita e volte sempre...

Rô Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares