Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Será que sinto falta de você ou de alguém em minha vida?



:: Maria Isabel Carapinha ::

Estar em um relacionamento e sentir-se absolutamente só é um dos piores sentimentos que alguém pode sentir.
Ah! Se tudo acontecesse do dia para a noite, a identificação de como reagir poderia ser mais clara e fácil. No entanto, na maioria das histórias o afastamento tem sim um motivo, porém, a consolidação deste afastamento vai sendo feito no dia a dia, com pequenos gestos e atitudes e quando nos damos conta, nem ao menos sabemos mais quem é a outra pessoa que vive ao nosso lado.

Os maiores inimigos com que nos deparamos nesta solidão a dois é o medo de não mais conseguir resgatar o que foi perdido um dia ou a indiferença que no fundo é o que de fato mata o amor.

Se você vive hoje esta situação, tenha absoluta certeza que é necessário entender a fundo que tipo de bloqueio pessoal a levou a atrair tal situação. O fato de acreditar que os homens ou as mulheres se transformam ao longo do tempo e passam a viver somente em função de seus objetivos pessoais, fará com que, de maneira inconsciente, procure pessoas que a farão sofrer.

A traição muitas vezes ocorre no espaço deixado pelo distanciamento do casal. Ela pode ser justificada por inúmeros fatores: podemos dizer que o que aconteceu em determinado momento em que encontramos alguém jamais aconteceu em sua vida, que esta terceira pessoa é uma pessoa especial, que se encaixa em tudo o que você um dia desejou, que o sentimento despertado entre vocês transcende qualquer explicação mundana, que tudo aconteceu em um magnetismo incrível e que foi impossível evitar... e assim as explicações podem divagar...
No entanto, o que de mais profundo existe por trás disto é o desejo de ter alguém ao nosso lado e que não temos.

A terceira pessoa que entra em uma história sempre vem somente para os momentos de prazer e divertimento. Então, ela está associada somente a alegrias e coisas boas. Ela também vem com um rótulo de proibição e aventura, o que torna a história mais fascinante do que na realidade ela é. Por trás disto, ainda existe o que de pior pode ser instalado na vida de uma pessoa: o enorme desperdício de energia com algo que nunca fará parte de sua vida.

Resgatar a história que você vive hoje é muito mais fácil do que pode imaginar, o primeiro passo é perceber os seus erros e mudar, identifique seus bloqueios e não transfira para o outro a responsabilidade por sua felicidade. Torne-se um ser pleno, enxergue histórias paralelas como falhas que também são suas e acima de tudo identifique o exato momento em que o afastamento entre vocês se consolidou. Para estas identificações de momentos, recorremos à Mesa Radiônica que além de equilibrar todas as nossas frequências energéticas, permite esta identificação clara.

Ninguém consegue viver um amor profundo e verdadeiro sem se transformar. Amar também não é se anular para fazer o outro feliz, pois com esta maneira de agir o outro deixará de enxergá-la. Amar de fato é se entregar sem esperar nada em troca, sempre como a certeza que o nosso amor irá produzir amor no outro.

Amar de fato é entender o momento que o outro se encontra, é entender as pressões pelas quais ele passa, é entender seus conflitos pessoais, é saber ouvir quando o outro precisa para se convencer de uma história contá-la inúmeras vezes, é entender as dificuldades do outro, é em momentos mais conturbados, e de insegurança, saber dizer com toda a sinceridade que o outro pode contar com você com o que precisar, pois vocês são somente uma energia de crescimento e que estão juntos para o que der e vier. É perceber que o afastamento entre vocês está se concretizando e não criticar o que está acontecendo e se do fundo de seu coração você desejar resgatar esta história entre vocês que um dia já foi linda, percebendo que a culpa nunca é somente de um dos lados. Mude e perceberá que tudo à sua volta também mudará. É preciso acima de tudo amar com sabedoria a fim de que nossas fantasias não destruam o amor.

A pessoa que um dia você idealizou como nos contos de fadas, não existe, pois somos seres humanos em evolução contínua e cada um de nós que por aqui se encontra tem resgates a serem feitos e lições a serem aprendidas, somos todos seres humanos em segunda época e com os mais diversos tipos de aprendizados necessários. Portanto, a pessoa que está a seu lado não está absolutamente pronta e você também não. Somos pedras brutas que precisam de lapidação, e no dia a dia de nossa convivência iremos nos lapidando.

Há alguns anos, atendi em meu consultório um empresário estrangeiro do ramo financeiro que se dizia completamente desesperado com a vida que estava levando. Sentia que estava perdendo o controle sobre a sua vida e que até mesmo os seus negócios, que sempre foram extremamente bem sucedidos, estavam com problema. Pedi que ele descrevesse detalhadamente o que estava acontecendo e ele começou em seu portunhol a me contar e eu, como boa ouvinte, passei a observá-lo. A conversa tinha um ar triste com um misto de sofrimento e culpa e tentei deixá-lo o mais a vontade possível, muitas vezes até o interrompendo por não entender tudo o que dizia, mas, num tom de descontração que o levou de fato a abrir seu coração, o que para um homem como ele era realmente muito difícil. Percebi logo que ele chegou, pois me disse que nem sabia o que estava fazendo ali, mas comentou que esperava entender quando saísse dali.

Contou-me que havia se envolvido com uma moça e o que sentia por ela não o permitia mais ficar longe dela, que nunca havia sentido isso por alguém e que sua esposa havia acabado de engravidar e com isso a confusão e culpa havia se tornado imensa em sua mente e isto estava tirando toda a sua atenção do dia a dia, além do enorme medo de uma possível exposição, pois era uma pessoa muito conhecida e respeitada. Ao fim de toda a descrição em detalhes que havia feita da moça, perguntei-lhe, de maneira direta e objetiva, qual era a coisa mais importante em sua vida atualmente e ele sem nem ao menos pensar me disse que era sua empresa, não consegueria viver sem realização pessoal.

Pedi que me descrevesse em detalhes todas as características que a moça tinha e o questionei: você deseja modificar sua vida para ficar com ela, ou deseja retomar seu casamento? Sem nem pestanejar, confessou que queria resgatar seu casamento, que era muito importante ter alguém ao seu lado e que sua esposa havia um dia sido este alguém tão importante e que tudo havia se perdido ao longo do tempo. Ele via nesta moça todas as características que um dia o haviam feito admirar tanto a sua esposa, ao ponto de desejar construir uma vida a seu lado.
Então, esclareci que se ele estivesse disposto a me ajudar íamos de maneira energética recuperar o seu casamento. Ele se sentiu aliviado, mas ao mesmo tempo extremamente descrente, achando aquilo totalmente impossível.
Coloquei-lhe ainda mais uma observação: todas as transformações energéticas que irão acontecer em sua vida serão para o seu pleno equilíbrio e com o único objetivo de colocar a sua vida em ordem divina. Não é necessário acreditar, pois a transformação é energética e nem ao menos pensar muito sobre o que está havendo, pois não estamos fazendo nada de maneira psicológica.

Iniciei o seu equilíbrio e eliminação de seus bloqueios com a Mesa Radiônica, identificando situações marcantes onde o afastamento dele e de sua esposa se consolidavam e os eliminei. A cada sessão ele era outra pessoa, mais e mais centrado. Um dia, resolveu trazer de surpresa a esposa como se quisesse me mostrar todo o progresso dos dois, contou que em pouco tempo, seu negócio estava retomando e me convidou a fazermos um trabalho energético também em sua empresa. Juntos, caminhamos por meses
Aviso importante:
Este blog pessoal está de acordo com a lei.9.610 dos direitos autorais na internet
para ver a postagem de origem clique na fonte ou no autor.

Obrigada pela visita e volte sempre...

Rô Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares