Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sábado, 13 de outubro de 2012

Inseminação Artificial

Olá pessoal, tudo bem?
Hoje pesquisei sobre inseminação artificial. Minha filha casada, sonha em ser mãe, o problema em não engravidar, não está nela, meu genro é deficiente fisíco, cadeirante desde os 12 anos de idade quando devido a um acidente com arma de fogo, foi atingido na coluna, e então ficou paraplégico. Eles estam casados a 6 anos, vivem bem, se amam, e nunca vi, tão pouco tive a sorte de ter um esposo, como o da minha filha, uma pessoa esforçada, dinâmica, otimista, trabalhador...Ele nunca se limitou por causa da deficiência fisica dele, e hoje dá uma vida de conforto e amor pra minha filha, e merece todo meu carinho e respeito por isso. Minha filha tem 23 anos, linda, esforçada e dinâmica também. Mas seu sonho, como de toda mulher é ser mãe.
Por isso fui pesquisar sobre o assunto, pois no caso deles a inseminação tem que ser programada. Nele terão que retirar o sêmem dos testículos e fecundar um óvulo maduro nela. Tudo bem simples, se não fosse o problema do dinheiro...kkkk
Bom, pesquisei várias informações, por isso não tenho todas as fontes, somente do site www.vidalink.com.br. Que informa os valores e onde fazer o tratmento.
Desejo a minha filha muito exito na tentativa de me dar um netinho kkkkk ficarei muito feliz em ser avó...
Abaixo os textos de peguei na internet,espero que ajude a todos também que precisam programar um bebê...
Bjoss

Rô Carvalho.



A inseminação artificial é uma técnica de reprodução medicamente assistida que consiste na deposição mecânica do sêmen no aparelho genital da fêmea.

A inseminação intra-uterina ou inseminação artificial, utiliza-se em casos em que os espermatozóides não conseguem atingir as trompas. Consiste em transferir, para a cavidade uterina, os espermatozóides previamente recolhidos e processados com a selecção dos espermatozóides morfologicamente mais normais e móveis.

A inseminação intra-uterina (IIU) foi introduzida em Portugal, em 1985, no Porto. Esta inseminação pode efectuar-se com esperma do casal ou, em caso de infertilidade masculina, com espermatozóides de um doador. Os critérios de selecção dos doadores são rigorosos, baseados em diversos exames relativos ao estado de saúde e da qualidade dos espermatozóides.

Os espermatozóides podem ser crioconservados, permitindo organizar bancos de esperma nos hospitais e clínicas, para posterior utilização. A técnica de crioconservação implica diversas etapas.

Primeiramente adiciona-se um crioprotector e em seguida os espermatozóides são imersos e guardados em criotubos a - 196 °C, em azoto líquido. Cada tubo contém a quantidade necessária de espermatozóides para a inseminação. A crioconservação de espermatozóides é também efectuada em caso de ocorrerem problemas graves de saúde, com intervenções cirúrgicas, quimioterapia e radioterapia, que podem afectar a
produção de espermatozóides do homem.

Onde achar centros especializados em inseminação artificial?
Confira os locais que oferecem tratamentos de reprodução humana gratuitos ou a preços acessíveis:

São Paulo

Hospital Pérola Byington
Gratuito
Como funciona: o tratamento é gratuito. Os interessados devem agendar uma consulta no hospital público de São Paulo. Para isso, basta ligar na terceira quarta-feira de cada mês a partir das 8 horas, para os seguintes números: (11) 3112-1210 ou (11) 3104-2785. Entre 40 e 50 pacientes são atendidas mensalmente. Após os exames e a visita ao médico, é necessário aguardar o tratamento numa fila de espera de até três anos. O critério de seleção é a ordem de chegada – não há análise socioeconômica. O programa já tem medicamentos incluídos e é válido para pessoas de qualquer parte do país.

Endereço: rua Santo Antônio, 630
Informações: hospitalperola@ig.com.br
Telefones: (11) 3248-8000 (PABX do hospital)
Hospital São Paulo
Desconto de até 60%
Como funciona: há desconto de até 60% no tratamento. No primeiro dia útil do mês, os interessados de todo o país podem ligar na Central de Reprodução Humana, no número 0800-7723322, das 10 às 17h30. São aceitos novos pacientes até completar o número de vagas mensais, que varia de 50 a 100, dependendo da disponibilidade do hospital no período. Quem conseguir um lugar assistirá à palestra sobre a reprodução humana, marcada para o primeiro sábado do mês seguinte. Depois do encontro explicativo, os casais passam pelos exames e pela consulta médica e partem para o tratamento com profissionais da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Não há fila de espera nem análise de renda. A fertilização in vitro custa de R$ 6 mil a R$ 7 mil, e a inseminação, R$ 2 mil, incluindo as medicações.

Projeto Beta
Descontos de até 40%
Como funciona: nessa iniciativa, localizada na capital paulista e fundada por especialistas da área e professores universitários, é oferecido um desconto de até 40% no tratamento. A primeira consulta custa R$ 170 e deve ser agendada pelo número (11) 3826-7017, de segunda à sexta das 8 às 17h30. O médico faz os exames básicos de fertilidade e marca o retorno dos pacientes. Ao voltar à clínica, o casal é entrevistado por um assistente social, que analisará a situação financeira e estipulará a porcentagem de desconto concedida. Há abatimento também nos medicamentos. No número telefônico, pode-se ainda reservar vaga para a palestra gratuita sobre técnicas de reprodução assistida, que o Projeto promove uma vez ao mês. Sempre aos sábados, a partir das 9 horas, o encontro esclarece as principais dúvidas dos participantes sobre o assunto.

Santo André

Faculdade de Medicina do ABC
Descontos de até 70%
Como funciona: há descontos de até 70% no tratamento. Professores e médicos residentes do hospital universitário atendem cerca de 100 mulheres por mês. O agendamento da consulta, gratuita, é feito no número (11) 4993-5401, de segunda à sexta das 8 às 17 horas. Estima-se em dez dias o tempo de espera para a primeira visita ao médico, que inclui uma palestra sobre a reprodução humana. Depois dos exames, não é necessário aguardar em uma fila para fazer o procedimento recomendado. O custo estimado da fertilização in vitro é de R$ 4 mil a R$ 5 mil e a inseminação sai por R$ 600, incluindo as medicações. Não há a análise de renda. Os exames podem ser feitos pelo SUS ou pelo convênio médico e o programa atende casais de todo o país.
Ribeirão Preto

Hospital das Clínicas
Gratuito
Como funciona: o tratamento é gratuito e o serviço é exclusivo para pacientes do interior paulista. Os interessados devem ir a um posto de saúde em sua cidade, que encaminhará o pedido para a divisão regional até chegar ao hospital. Não há a análise socioeconômica e a fila de espera é de cerca de um ano. Os tratamentos são realizados pelos professores e médicos residentes da instituição universitária. Os custos com medicamentos variam entre R$ 2 mil e R$ 3 mil e devem ser pagos pelo casal.

Rio de Janeiro

Projeto Vida
Gratuito
Como funciona: há tratamentos gratuitos e com desconto de 50%, mas apenas casais com renda até R$ 2,3 mil podem se inscrever no site da clínica carioca Pró Nascer Pró Nascer para uma palestra sobre a reprodução humana, que acontece a cada dois meses. No encontro, com 90 casais, são sorteados dez tratamentos gratuitos, a serem realizados pelos profissionais da instituição, para pessoas com renda até R$ 1,2 mil e dez descontos de 50% para quem ganha entre R$ 1,2 mil e R$ 2,3 mil. Nesse caso, a tentativa da fertilização in vitro sai por R$ 3.960, parcelados em duas vezes. Os medicamentos não estão incluídos no valor.
Todo o país

Programa Acesso
Desconto de 50%
Como funciona: para participar, é necessário que a renda do casal não ultrapasse R$ 3.850. Não existe seleção, fila de espera e vagas delimitadas, mas é preciso comprovar os rendimentos e preencher um questionário disponível nas 72 clínicas conveniadas em todo o país. Para saber se existe alguma na sua cidade.

As pessoas confundem muito Inseminação Artificial com Bebe de proveta (fertilização "in vitro" - FIV). Na Inseminação Artificial os espermatozóides são colocados no interior do útero, no momento da ovulação, após a "capacitação"( estarem aptos a fecundar). A "capacitação" é realizada no laboratório através de um processo de migração e centrifugação onde são concentrados os espermatozóides progressivos rápidos e custa em torno de R$ 800,00 a R$ 1500,00 reais. Está indicada em alguns casos como disovulia (distúrbios na ovulação)e também nas algumas alterações espermáticas. Fica difícil precisar as indicações já que cada caso deve ser visto em particular pois são muitas as variáveis que interferem no processo de fertilização, seja ela natural ou artificial.
Quanto a FIV os gametas são colocados para fertilizar em uma estufa por um período de 48 horas para dar origem a um pré-embrião que será transferido para o interior do útero 48 horas após a punção dos oócitos por via vaginal. O Bebe de proveta varia entre R$ 2.500 a 3.500 reais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares