Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sexta-feira, 20 de julho de 2012

COMO ELEVAR A SUA AUTO-ESTIMA?


A mulher quando descobre a sua Deusa Interior passa a tratar com mais sabedoria os recursos criativos do seu corpo e do seu espírito e encontra a sua paz espiritual.

Com sua auto-estima elevada é muito fácil descobrir e sustentar a sua Deusa, desde que você tenha clareza do seu auto-conhecimento, pois não podemos melhorar nossa vida, nossos comportamentos se não nos conhecemos bem.

O primeiro passo é tomar consciência do que você sente ou do que você vê, não apenas olhe, veja! Preste atenção em si, perceba as coisas sem tentar analisar, entre em contato e comece a perceber outros padrões, suas atitudes repetitivas em determinadas situações e quando perceber qual situação ou qual pessoa ou em que estado emocional você faz aquilo que tanto a incomoda, estará apta a escolher outra alternativa.

O que acontece depois de descobrir sua Deusa, você passa a ficar mais exigente, passa a querer uma melhor e mais consistente qualidade de vida, principalmente na vida afetiva e sexual, você passa a atrair isso e não espera que o destino se encarregue de fazer acontecer, começa a ter atitudes que atraem os lugares, pessoas e coisas de que mais gosta.

O segundo passo é conhecer seus limites. Assuma a sua responsabilidade, dê uma olhada para trás e identifique do que você reclama tanto e se pergunte: Porque não consigo mudar essa situação? Nem sempre, mas na maioria das vezes reclamamos de situações que nós mesmas temos poder de mudar, às vezes o que não temos é a coragem para mudar. Então eu sugiro o seguinte: tendo como exemplo um relacionamento amoroso, analise quanto de energia você vai dedicar a alguém, até aonde você vai suportar tal atitude? Depois de conhecer seus limites e notar que estes estão sendo ultrapassados, assuma a responsabilidade e tome a atitude de querer mudar a situação, caso não encontre coragem de mudar, aceite a situação “de coração” e pare de reclamar. Você cria aquilo que pensa e sente e tem o controle do que faz e deixa de fazer. É responsável pelos seus atos.

O terceiro passo é ser você mesma a sua prioridade. Quando a pessoa começa a assumir a responsabilidade sobre a própria vida e conhece seus limites, as pessoas começam a dizer que você esta ficando egoísta. Você explica que o fato de querer se olhar mais, se cuidar, agir em seu favor, fazer coisas que a agradam, saber pedir o que deseja e o que precisa sem prejudicar ninguém não é ficar egoísta.

O quarto passo é conhecer seus sentimentos. Focalize-os e se pergunte várias vezes ao dia: “O que estou sentindo”? Tenha consciência do seu corpo. Onde guarda sua raiva? Nos ombros? Na nuca? Faça um relaxamento para soltá-los. Fale com você mesma sobre seus sentimentos abertamente e note como alivia.

O quinto passo é não ser tão crítica com você mesma. A crítica interna é aquela voz íntima que nunca está satisfeita, é perfeccionista. A sociedade, a maneira como fomos criadas, interfere e inflama essa “voz”, que muitas vezes atrapalha nossas atitudes. O que fazer? Aceite a sua autocrítica, aprenda a reconhecer essa voz. Se estiver deprimida, ouça o que está dizendo. Analise se realmente é verdade, se achar que não, despreze-a, e às vezes procure contrariá-la, você experimentará novas emoções. A sociedade nos faz ficar muito analíticas, estar sempre analisando o “certo” e o “errado”, de vez em quando é bom agirmos sem ter feito essa análise antes e se por acaso errarmos, não tem problema, nós não somos perfeitas e é com erros que aprendemos a acertar.

Este artigo foi escrito por adya_carvalho_78@hotmail.com-www.ayuny.com.br em 10 de fevereiro de 2012 às 1:28, e está arquivado em Corpo e Mente. Siga quaisquer respostas a este artigo através do RSS 2.0. Você pode deixar uma resposta ou fazer um trackback do seu próprio site.


Fonte: Terceiro Milenio On Line

Aviso Importante:

Este Blog Pessoal está de acordo com a Lei 9.610 dos direitos autorais na internet.
Para ver a postagem de origem clique na fonte.

Obrigada pela visita e volte sempre!

Rô Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares