Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

domingo, 11 de março de 2012

Eduardo e Mônica indo ao Cinema.


EDUARDO e MÔNICA indo no cinema

:: Luís Vasconcellos ::

Ele está procurando no jornal opções de cinemas e de filmes enquanto aguarda que ela tome seu "pequeno banho". Eduardo pensando:
- Queria ver aquele filme de ação, mas sei que Mô não gosta deste tipo de filme.
Ter que assistir aqueles filmes parados de que ela gosta, nunca mais!
Mas, temos que ir juntos. Tá complicado! Se eu disser que quero ver um filme diferente do dela, com certeza ela não vai gostar, vai dizer que não gosto mais dela... que quero ficar sozinho... que não sei dividir as coisas com ninguém... que ela nunca conseguirá me modificar... e todo aquele discurso. Vai fazer o maior drama. Que porre! Tem esse com o Fagundes, que ela adora, pode ser um água com açúcar, acho que ela vai querer ver esse "puxa-saquismo" de Hollywood. Ou então este devagar quase parado. Hum!!! Sai dessa, meu irmão!

Como demora no banho!!!

Mônica toma seu banho, enquanto canta ela pensa:
- Até que enfim um cinema, estou cheia de ficar em casa toda noite. Sair é tão bom ! Antes saíamos mais, agora parecemos presos um ao outro. Queria ver aquele com o lindinho do Brad Pitt.
Que homem gostoso! Se Duda soubesse que ele é minha fantasia preferida!
Tem aquele com o Fagundes e o Duda não gosta de filme de amor. Faz tempo que não saímos e ele vai querer ver filme com muito sangue e carros explodindo pra todo lado...

Enquanto ela dá um trato no cabelo - Eduardo decide:
- Não tem jeito, vou deixar ela decidir, assim não dá briga nem aborrecimentos. Se eu falar que não quero o que ela quer é encrenca pra valer. Melhor deixar quieto. Depois pego o que eu quiser na vídeo-locadora.

Enquanto isso - Mônica está usando a terceira toalha pra se enxugar e começa a secar o cabelo:
- É o jeito é calar a boca e não estragar o nosso programa. Deixa ele escolher que tudo bem, senão ele vai dizer que eu é que mando aqui, que ele nunca tem voz ativa, que ir ao cinema comigo é um porre!
- Deus sabe o quanto odeio ser a causa da briga! O que será que ele tá afim de ver?

Enquanto ela se troca:
- Duda, o que nós vamos ver? Você achou alguma coisa no jornal?
- Ora, meu bem, o que você quiser ver nós vamos, pra mim tanto faz...
- Puxa, mas achei que enquanto tomava banho você estava vendo o que está passando. O que aconteceu? Você não está nem interessado, está?! Tá louco, parece morto!!!
- Pronto! Já começou?! Tens uns filmes aí, mas não achei nada de bom. Escolha você!
- E você? Não tem opinião não?! Por que eu tenho que ser a que decide tudo? Pode escolher o que você quiser que nós vamos.
- Quer dizer que eu preciso de sua autorização pra decidir?! Essa é boa, só faltava essa!
- Não estou te acusando, só estou dizendo que você pode escolher sem nenhum problema.
- Eduardo pensando:
- Ah, tá! E pensando: Assim que eu disser o que ela sabe que eu ia dizer se dissesse, ela vai reclamar da minha escolha e reclamar do meu mau gosto e da minha falta de cultura e de que eu nunca leio livro etc. etc. etc... Ela fica de tocaia esperando eu dizer o que eu penso só pra ter o que criticar depois.

Finalmente ele diz:
- Tá bom, vamos ver se é mesmo assim: Eu quero ver o "Snatch - disse, e ficou aguardando.
- Mônica pensando: Melhor disfarçar, se não ele vai fazer uma cena de ciúme e muda de idéia:
- Ah ! Eu sabia! Tinha que voar sangue pra todo lado.
- Não disse! Você só sabe criticar o que eu digo.
- Tá bom, tá bom, não vou criticar nada. Vamos ver esse! Não tem problema! E pensou: Ufa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares