Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Nem tudo é pessoal.


Nem tudo é pessoal
por Maria Silvia Orlovas - morlovas@terra.com.br

Tem algumas lições da vida que gostaria muito de ter aprendido quanto tinha 15 anos. Saber que nem tudo o que as pessoas dizem deve ser levado para o lado pessoal é uma dessas grandes lições.

Quanto tempo a gente passa sofrendo, se desgastando por coisas que acontecem, por fracassos, por palavras ruins que ouvimos das pessoas, por ter recebido uma crítica. Algumas coisas parecem tão marcantes que, se não nos trabalharmos, podem nos perseguir pelo resto da vida, o que é muito ruim. Às vezes, essas situações acontecem na família e outras no ambiente profissional, mas seja onde for, seguir carregando esse peso é muito prejudicial e, em algum momento, precisamos despertar forças internas para mudar nossos registros.

Mesmo entendendo que muitas situações são kármicas, lições não aprendidas em vidas passadas que voltam tumultuar nosso caminho, aprendi que nem tudo devemos levar para o aspecto pessoal, nem muito menos carregar em nossa memória ou conteúdo emocional.

Percebi que nem tudo que nos acontece, algumas situações que enfrentamos, é pessoal. Em geral, as pessoas reagem agressivamente, porque elas estão enfrentando um momento ruim ou porque são amargas, ou simplesmente porque não tem nada melhor para oferecer. E se não nos cuidamos, ao conviver com essas criaturas, vamos nos contaminando, ora nos defendendo, ora brigando também, mas, principalmente, deixando de olhar para nós mesmos e focar atenção na nossa caminhada. Quando nos abalamos pelas críticas, perdemos o foco da nossa vida olhando e se preocupando com o outro.

Dificilmente, uma crítica é construtiva e, quando isso acontece, pode ser que você, já magoado, ferido por outras situações que já aconteceram, acabe não recebendo um direcionamento de forma boa. Ao contrário, pois dentro de uma forma de viver cheia de vícios comportamentais, a chance de saber lidar com aquilo que as pessoas fazem ou falam é bem difícil.
Assim, tente se manter na luz quando perceber um ambiente muito crítico, pesado, tumultuado. E analise também porque você está vivendo esse tipo de situação.

Educação mostra elevação espiritual. Gentileza atrai gentileza, carinho, amor também são atraídos por pessoas legitimamente gentis, que tem coragem de mostrar um coração doce. Porque também de nada adianta sorrir, e tentar ser delicado em situações em que suas emoções borbulham de raiva. Porque isso é falsidade e as pessoas percebem quando não falamos a verdade.

Precisamos ser políticos nas relações, porque nem tudo se fala, mas também precisamos buscar ser autênticos, e não ficar guardando o que pensamos, com medo das reações alheias. Lembrando que para ser manso, bondoso, será preciso um incansável treino para ver o outro se colocar no lugar do outro e muitas vezes relevar aquilo que não lhe convém.
Esquecer é uma grande virtude. Mas por que nos fixamos no mal, quando todos nós temos coisas boas para olhar?

Pessoas negativas, tristezas, estresse vai sempre aparecer na nossa vida. Críticas, erros fazem parte da caminhada e do nosso aprimoramento. Se tivermos auto-estima o suficiente para ouvir críticas e aproveitar os insights positivos para nosso aprimoramento, com certeza, não precisaremos tanto nos defender daqueles que não nos respeitam ou compreendem. E é para isso que serve a vida espiritual, para nos dar equilíbrio suficiente para praticar a equanimidade e tolerância em nossos relacionamentos. A espiritualidade nos permite sermos donos de nosso destino e senhores das situações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares