Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

domingo, 19 de fevereiro de 2012

A Lenta perda de valores leva à mente doentia e perversa.


Médico Roger Abdelmassih: a lenta perda de valores leva à uma mente doentia e perversa
por Regis S Mesquita de Oliveira -
Roger Abdelmassih é aquele médico super famoso que trabalhava com pacientes que queriam ter filhos e não conseguiam somente com o ato sexual.

Ficou mais famoso ainda quando foi acusado de crimes sexuais por 60 de suas ex-pacientes. Depois de uma temporada na cadeia, ele foi solto para esperar novo julgamento em liberdade.

Notícia do UOL:

"Testes apontam que bebês gerados em clínica de Abdelmassih são de outros pais.

Condenado a 278 anos de prisão por crimes sexuais e foragido da Justiça, o médico Roger Abdelmassih é acusado agora de ter gerado bebês com espermatozóides de outros homens e de ter vendido óvulos de outras mulheres a pacientes que queriam engravidar".

A maioria dos especialistas vão dizer que o sujeito é psicopata, etc...

O que interessa a todo o Brasil é outra coisa: como a perda de valores produz mentes doentias - seja neuróticas, depressivas, fóbicas, psicopatas, etc?

A doença é o ato final (neste caso e na maioria dos casos) de um processo que ocorre lentamente. Muito lentamente.

É um processo que normalmente leva dezenas de anos quando fica mais forte na vida adulta. Ou leva de de alguns anos a vários anos, quando inicia na infância.

Para explicar vou fazer um exercício de ficção com a vida deste médico (ficção porque não estudei sua personalidade, trabalho com os dados pouco confiáveis da imprensa).

Imagino um rapaz inteligente, dinâmico, idealista, trabalhador e bem preparado que se formou na universidade. Cheio de sonhos, começa a ganhar dinheiro e reconhecimento. Em alguns anos é um homem reconhecido, rico e bajulado.

Ele, enfim, tornou-se um homem bem-sucedido.

Este jovem médico também é orgulhoso, sedento de reconhecimento, vaidoso e gosta de se sentir poderoso.

Ele cresce com o apoio do seu lado bom e do seu lado ruim. Este é o desafio do médico e de todos nós: nosso lado ruim também traz benefícios para nós.

Uma pessoa equilibrada se foca nos valores para se controlar.

Por exemplo, se o sujeito pode ter algum ganho mentindo e prejudicando alguém, os valores morais fazem com que ele se controle e abra mão de tentar ganhar usando a mentira.

É assim que pequenos erros são evitados e traços de personalidades doentios não são desenvolvidos.

É uma luta diária de todos nós. Fazer o correto fortalece a consciência e também evita que áreas ruins da nossa mente ganhem "musculatura" e, posteriormente, se "virem contra nós". Isto mesmo, o médico poderia estar rico, famoso, feliz, contente, ajudando muita gente, mas jogou tudo fora.

Como disse, este processo é lento. Lento e progressivo.

Sempre começa com as pequenas decisões e pensamentos. Observe este exemplo, um dia pode ter chegado uma mulher que queria engravidar e ele "sabia" que ela não conseguiria. Todavia, a ganância e a vaidade podem ter atuado em sua mente e ele simplesmente liberado sua sede de dinheiro: "vou ganhar dinheiro dela, depois digo que ela não conseguiu". Ele pode ter pensado assim, mas não o mais comum de acontecer. O mais comum é a mente procurar algo para se ENGANAR.

A mente se engana o tempo inteiro, quando ela é dominada por valores pouco nobres. As dezenas de milhares de estudos médicos (a maioria mal feitos) servem para isto. Os médicos se apegam aos estudos que justificam o que eles querem fazer. No caso deste médico, em algum momento ele pode ter encontrado a justificativa que LEGITIMAVA a sua ganância. Basta um estudo médico que diga que algumas pacientes em situações semelhantes conseguiram engravidar. Pronto, sua ganância está legitimada e a perda de valores disfarçada.

Caso semelhante acontece com quem corrompe um guarda rodoviário para evitar a multa. Poucas vezes alguém diz: sou bandido, e não me importo em ser corrupto e corromper alguém. Isto é um desvio moral gravíssimo. Todavia, quem o faz dá muitas desculpas para se ENGANAR.

Lento, progressivo e se enganando. A enganação faz com que a pessoa se distancie da realidade. O que facilita novas enganações e desvirtua a própria realidade.

Algumas pessoas, como o médico, tem um problema extra: como são eficientes, o tombo demora a acontecer. Neste período, vão se distanciando cada vez mais da realidade, deturpando-a e testando limites cada vez mais extremos.

Ano a ano, a mente vai testando novos limites, sempre se enganando e deturpando a realidade. Neste ambiente, os instintos começam a ganhar força. O médico, acusado de agressor sexual, lidava com mulheres abaladas emocionalmentes e que encontravam nele uma esperança de vida melhor. A ciência, o dinheiro e o reconhecimento não eram o bastante para lhe proporcionar satisfação. Estas mulheres não tinham apenas que reconhecê-lo como alguém especial, isto se tornou pouco. Elas tinham que submeter aos seus desejos e caprichos (se forem verdade as acusações). O instinto sexual ficou livre para atuar. Ele precisava ter a sensação de que podia "tudo".

O TESTE do PODER - isto é importante para entender o adoecer da mente quando ela ruma para a psicopatia (no caso de deprimidos o caminho é outro). O poder pode ser obtido quando você oferece algo bom, como no caso do conhecimento médico que ajudaria a engravidar. No final, as pessoas podem ficar agradecidas e gratas. A pessoa se sastisfaz com isto. Algumas pessoas, porém, não se satisfazem.

O desvio que gera a patologia, qualquer uma, sempre acontece em algum momento em que há algo bom e este algo bom não é suficiente.

Fazer um bom trabalho, ser rico, famoso, reconhecido, ser bajulado... nada disso é o bastante. Os traços de personalidade ruins ganharam musculatura, os instintos estão fortes, a realidade distorcida, os valores completamente sem referências sólidas. Isto obriga a pessoa a superar o limite: oferecer algo ruim, para submeter a outra pessoa e assim ter certeza do poder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares