Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Cura da depressão pela Auto-observação




Cura da depressão pela Auto-observação é uma formula que tem vindo a ser uma opção de uma grande maioria das pessoas que curam a depressão com sucesso. Este é um método que se fosse adoptado, podia ser uma mais valia na resolução da maioria dos problemas não só depressivos como também emocionais e relacionais. Ter atenção e entender os padrões de pensamentos, de sentimentos e atitudes da pessoa é um processo chave para o entendimento das crenças negativas, bloqueios e medos.
Consciência de crenças negativas, bloqueios e medos podem transformar-se em potenciais.

Estas são limitações à liberdade interior da pessoa que podem levar a estados depressivos profundos. Esta auto-observação é fundamental para conseguirmos ter a consciência da forma como reagimos e porque reagimos de determinadas formas a determinadas situações. Ser uma pessoa positiva pode ser consequência de um treino mental através da auto-observação e consequente mudança de padrões de pensamentos.
Cada pessoa faz uma interpretação da realidade consoante os seus registos de subconsciente

É essencial entender a forma como interpretamos o mundo que nos rodeia, porque a forma como vemos o mundo é o reflexo da nossa verdade interior. A forma como vemos o mundo exterior muitas vezes é distorcida de acordo com os nossos registos do subconsciente que formulam crenças que funcionam como filtros na interpretação dos acontecimentos.

A auto-observação é um processo bastante trabalhoso e muito difícil numa fase inicial. No entanto depois de iniciada esta prática muitos dos nossos dramas vivenciais deixam de existir porque ao serem olhados de fora deixam de ter a mesma força e o mesmo impacto.
Auto-Observação como consciência do que pode ser melhorado

A auto-observação é um exercício mental que exige constante atenção e visionamento à nossa forma de pensar e sentir com o fim de perceber toda a nossa forma de comunicar e agir e porque razão muitas vezes atraímos determinadas vivências e situações na nossa vida.

Para procedermos a um processo de auto-observação é necessário que, ao mesmo tempo que estamos a pensar, a sentir, comunicar, agir, nos coloquemos em uma “janelinha” imaginária a olhar a nossa forma de estar como se fossemos alguém exterior a observar. Uma observação neutra, o que vemos nem é bom nem é mau, apenas “é”. Uma forma de nos tornarmos presentes e conscientes dos nossos mecanismos automáticos e ter a percepção porque se manifestam desta forma e em que é que nos limitam.

Curar a depressão pela auto-observação é como uma conquista da percepção do que fazemos inconscientemente para nos derrubar, para nos auto-sabotar e quais as razões que nos levam a fazê-lo. Porque não acreditamos que merecemos ainda viver coisas positivas e ser felizes. Ter a percepção das crenças que nos limitam e assim transforma-as em potenciais de auto-cura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares