Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Sexo é Direito- Os direitos sexuais

Por: Maria Helena Vilela*




Sexo é uma função do organismo humano. Todo mundo nasce com a capacidade para fazer sexo. Isto ocorre porque, por mais antiquado que possa parecer, a relação sexual é a forma natural da perpetuação da espécie - a reprodução. Se, por acaso, o ser humano se reproduzisse de outra forma, nós não faríamos sexo... Já pensaram que tristeza seria!



Na Pré-história, época em que os seres humanos ainda não sabiam que era fazendo sexo que ocorria a gravidez, a atividade sexual acontecia de acordo com o instinto, como ocorre até hoje entre os animais de reprodução sexuada. Com a evolução da humanidade, a mulher deixou de exalar no ar o odor estimulante e característico do cio e, em seu lugar, foram adotados símbolos e rituais de sedução que fazem parte do que chamamos erotismo. Ao invés do odor, surgiram outros estimulantes sexuais que despertam o desejo no outro. Foi assim, que o ser humano deixou de fazer sexo conforme a natureza determina, para praticá-lo também de acordo com os sentimentos, emoções e valores. Desse modo, o sexo passou a ser a sexualidade, que é uma criação humana e não mais fruto do mero instinto.



A sexualidade faz parte da personalidade de todos, e se constrói por meio da interação entre o indivíduo e a sociedade. A sociedade impõe maneiras de como homens e mulheres devem atuar e se comportar sexualmente; muitas vezes as imposições sociais impedem a satisfação de necessidades humanas básicas, tais como desejo de contato, intimidade, expressão emocional, prazer, carinho e amor. O modelo social repressivo perdurou por muito tempo e só mudou recentemente, mais precisamente na segunda metade do século XX. O avanço do conhecimento na área da sexologia, as descobertas científicas importantes (como a pílula anticoncepcional) e as manifestações sociais como o feminismo e o movimento gay permitiram que se percebesse que as imposições sociais atrofiavam o desenvolvimento das pessoas e comprometiam a saúde sexual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares