Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sexta-feira, 17 de junho de 2011



Parece que há pessoas que nasceram para sofrer por amor , porém eu me pergunto: é um erro amar demais? É um erro querer ser o melhor para uma pessoa, cercá-la de carinho de sonhos e fazer o possível para vê-la feliz. É querer demais estar perto, estar junto, abraçar, levar no colo?
Amar é tão sublime, é tão simples. Tenho as mais belas concepções de amor que não entendo... Sinceramente não entendo o porquê de diferenças e conflitos entre duas pessoas em relação a esse sentimento.
O principio de amar está em fazer o outro feliz, mas pergunto-me: Eu estou somente querendo fazer alguém feliz, desejo sublime mas e eu? Eu ficarei no eterno desejo de fazer uma mulher feliz e enquanto isso rastejo-me procurando por migalhas que me façam simplesmente sorrir.
Há tempos, pensei que não iria me apaixonar mais. Minhas concepções de amor foram totalmente abaladas. Comecei a pensar que amor entre duas pessoas era coisa que o cinema tinha inventado, tipo assim: Quer amor? Quer sentir amor? Vá ao cinema! Porém alguém me tirou desse estado de ceticismo e me fez acreditar de novo que é real, que pode acontecer, que o amor rola. Sou muito grato por me fazer sentir descansar neste amor, mas parece que este amor é como uma linha tênue que a qualquer momento pode quebrar. Amor não é uma linha tênue. São laços, são laços dobrados que não se quebram e suportam tempestades e circunstâncias, pelo simples fato de estarem juntos e unidos.
Há uma canção que diz que o amor não é um lugar que você vai e vem quando quer mas uma casa que você entra e não quer mais sair. Acredito nisso! Esse é o amor que quero e desejo mas penso que se sair da casa onde estou, não mais andarei perto de casas por um longo tempo...

Fonte:http://willamebarros.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares