Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Conselhos-Entrevista com um Cafajeste!



No último final de semana o SHC teve a honra de conversar com um cafajeste que aceitou em nos conceder uma entrevista. Confira abaixo os melhores momentos.

SHC - Então, o senhor sempre foi cafajeste?
Cafajeste - Não, claro que não. O início da minha vida afetiva não foi fácil. Eu sempre fui de me apegar muito à mulher com quem estivesse me relacionando, mas isto sempre me trouxe muitos problemas. No fim de cada relacionamento eu sofria, ficava mal humorado, desgostoso da vida sabe....
SHC - Mas o senhor era fiel nesta época?
Cafajeste - Sim, claro. No meu conceito a fidelidade estava acima de tudo. Mas hoje eu não penso assim...(risos)
SHC - E a partir de que momento o senhor decidiu mudar os seus conceitos?
Cafajeste - Primeiro que a medida em que fui crescendo percebi que as mulheres não gostam de homens certinhos (indicando aspas com os dedos). Quanto mais correto você for daí que a mulher abusa. Ela pisa em você. Ela acha que você fará tudo por ela, e se aproveita disto. E como eu gostava muito de cinema e música brasileira, eu via grandes mestres da canalhisse como Jose Mayer, Wando e Fábio Junior fazendo todas aquelas cafajestagens e sempre se dando bem com as mulheres, e comecei a pensar "É isso mesmo que eu quer ser, um cafajeste!".
SHC - Conte-nos um pouco de suas cafajestagens.
Cafajeste - Ah, nossa são tantas (risos escandalosos). Olha só, estes dias eu fui a uma boate e comecei a conversar com uma mulher. Aquele papinho de sempre sabe...até que pintou um clima e acabei ficando com ela. Enquanto estavamos juntos eu fiquei muito interessado por uma outra loira que estava no balcão com algumas amigas. Trocamos alguns olhares e percebi que ela era safada. Mesmo me vendo com a outra ficava olhando. Mas o pior é que ela era ainda melhor do que a mulher com quem eu estava ficando, caramba quando isso acontece é complicado (novamente risos). Então pensei que devia agir rápido, pois bem, falei para o meu esqueminha que iria até o bar pegar uma cerveja. Fui até o bar parei ao lado da mulher com quem estava flertando e falei "olha estou com problemas com minha namorada, estamos terminando mas gostaria de trocar uma palavrinha com você. Te espero no andar de baixo em 15 minutos." Falei isto e voltei para a mesa sem cerveja....esqueci da cerveja (risos). Bom falei que os garçons estavam muito enrolados e iria até o bar do andar de baixo. Para minha surpresa a moça do balcão estava lá, rapidamente trocamos algumas palavras, telefones e até uns beijinhos. Bom no final da estória fui para casa com o esqueminha da noite e no dia seguinte saí com a loira do balcão.
SHC - Caramba, o senhor é mesmo um cafajeste hein!
Cafajeste - Ah....e quem não é!!
(risos de ambos)

O cafajeste acima é empresário, tem 34 anos mora em São Paulo e tem negócios em Curitiba, Rio de Janeiro e alguns países do Mercosul como Uruguai e Argentina.
Postado no Blog Sindicado dos cafajestes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares