Agora são: .Horas e .Minutos - Bem vindo ao Blog Co Dependentes Emocionais **Deus Te abençõe e Te Guarde **

sexta-feira, 22 de abril de 2011

A Motivação Em Minha Recuperação



Nossa literatura são os textos que utilizamos durante as reuniões como tema para leitura e comentários. Alguns nos foram enviados por outros grupos, como os que existem semelhantes ao nosso, na Argentina. Outros textos foram escritos através da nossa própria experiência, tendo como base outros grupos anônimos, e também do nosso livro básico: "MULHERES QUE AMAM DEMAIS" , de Robin Norwood.

P.S:Segue toda literatura do grupo nas postagens do dia 22/04/2011.
Aqui estão disponíveis algumas delas:
A motivação é a garra que se tem para fazer algo. Uma pessoa está realmente motivada quando deseja chegar à sua recuperação. Está disposta a fazer todo o necessário para conquistá-la, para mantê-la e ir melhorando dia a dia.

Se está convencida que sua recuperação é muito importante, seguramente estará mais próxima de consegui-la o que, por sua vez, reforçará sua motivação.

Este é o momento de questionar-se se sua recuperação é algo prioritário entre os objetivos de sua vida.

Se sua recuperação realmente o é, tenha a perseverança necessária para exercitar-se todos os dias, porque é somente pela repetição de condutas positivas que sua maneira de agir poderá se transformar.

Se você não puder dedicar, em média, uma hora por semana para estar com o grupo, sua motivação é pobre.

Quem pode compreendê-la melhor é a companheira de grupo que está na mesma situação.

O grupo é muito útil porque ali você pode pedir ajuda. Se a aceitar, e fizer algo que for sugerido, estará no caminho da recuperação.

O grupo proporciona as técnicas, o modo de utilizá-las, e mostra como elas já serviram à outras mulheres.

Se você não assiste às reuniões do grupo, poderá estar pensando: "Eu, sozinha, vou conseguir", e nega-se a aceitar a verdade. Você entra em negação e em segredo, ou seja, na falta de sinceridade consigo mesma. Oculta a verdade das outras pessoas porque essa verdade lhe causa vergonha.

Se você tem uma motivação maior, passa a desfrutar do bem-estar e da felicidade que se consegue através da recuperação. Quanto mais se avança por este caminho, mais bem-estar e felicidade vai se obtendo. A idéia é a de não pensar mais que algum dia chegará a ser feliz, mas que aos poucos você vai se tornando feliz. Deverá ter muita paciência com você mesma. E também a constância necessária para alcançar seus pequenos objetivos.


Para saber qual é a minha motivação, devo completar por escrito:

1) minha recuperação é a minha primeira prioridade?

2) porque participo do grupo MADA?

3) o que já consegui no MADA?

4) que desculpas dou para não comparecer ao grupo? Permito que os problemas do MADA como grupo, impeçam minha recuperação?

5) quais são os motivos que me impedem de participar do grupo?

6) o que me ocorre quando não venho ao grupo?

7) trabalho durante a semana o que aprendi no MADA?

8) como estava quando ingressei no MADA?

9) como estou agora?

10) como quero estar dentro de um ano?

11) daquilo que recebo do grupo, o que incorporo à minha vida?

12) o que dou da minha parte ao grupo?

Os seres humanos não são perfeitos, mas podem ser melhorados.

Fonte Grupo Mada
www.grupomada.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares